Projeto Educação Empreendedora vai capacitar 50 mil jovens

capacitação jovens

Promover a cultura empreendedora e capacitar os baianos para dinamizar ainda mais a economia da capital e também do interior. Estas são as metas do projeto Educação Empreendedora, desenvolvido pelo Governo do Estado, em parceria com o Sebrae-BA. Lançado pelo governador Rui Costa, nesta terça-feira (16), o projeto vai levar cursos de qualificação para os 27 Territórios de Identidade da Bahia, capacitando professores e estudantes para alcançar mais de 50 mil jovens baianos até 2018, sendo 40 mil alunos da educação básica e 10 mil da educação profissional. O lançamento ocorreu no Centro Educacional Carneiro Ribeiro – Escola Parque, no bairro da Caixa D´Água, em Salvador, e contou com a presença de gestores da educação e autoridades.
“Vamos implementar nas nossas escolas o que estamos chamando de escola empreendedora, ou seja, que transmite habilidades, conhecimentos para os alunos de como empreender, inovar. Capacitar não só a montar um negócio, mas como criar algo novo dentro de um negócio que já existe. Estamos vivendo uma época de mudanças no mercado de trabalho, onde há mais espaço para esse tipo de habilidade, fugindo um pouco daquele modelo tradicional de emprego, por exemplo. Por isso queremos habilitar nossos jovens para esta nova realidade”, ressaltou Rui.
De acordo com o governador, o anúncio do projeto foi realizado na presença de gestores e diretores, porque o Governo quer o engajamento de todos para fazer da Educação Profissional um sucesso no estado. “Esta reunião traduz o sentimento de união que queremos reforçar para transformar a educação na Bahia numa força que gera oportunidades e forma profissionais. A Secretaria e o Governo do Estado podem estabelecer diretrizes para os programas, mas as coisas acontecem na escola”.
O projeto Educação Empreendedora vai promover a formação de estudantes e de professores com a oferta de três cursos específicos da área, com vagas abertas já este ano. Parceiro do Governo do Estado, o Sebrae fica responsável pelas aulas e pelos materiais. Com inscrições abertas nesta terça-feira (16), o curso para Licenciamento de Metodologias de Educação Empreendedora é voltado para professores de 15 Centros Territoriais de Educação Profissional, alcançando a qualificação de 50 mil estudantes, nesta primeira etapa, até o próximo ano. Os interessados podem se inscrever até o de 23 de maio, através do e-mail educacao@ba.sebrae.com.br. As aulas acontecem de 7 de junho a 4 de agosto.
De acordo com o secretário da Educação, Walter Pinheiro, além dos estudantes, o projeto abre oportunidades para quem não está em idade escolar. “Estamos selando essa parceria com o Sebrae, que vai possibilitar levar a educação empreendedora para 168 municípios baianos. Queremos, com todos os programas do Governo do Estado, criar um novo ambiente nas escolas, relacionando o conhecimento com a economia local, com a vida cotidiana das pessoas”.
Mais cursos
O curso Técnico em Administração, do Eixo Tecnológico Gestão e Negócios, busca a formação e a capacitação de estudantes. Com a duração de quatro anos, serão ofertadas 35 turmas, que já começam no segundo semestre deste ano. Inicialmente, o curso será implantado no Centro Estadual de Educação Profissional Bahia (CEEP Bahia), em Salvador.
O curso de de Micro Empreendedor Individual disponibiliza 720 vagas, distribuídas em 24 turmas, para estudantes da rede de Educação Profissional e Tecnológica do Estado da Bahia, nos 27 Territórios de Identidade, e também por meio do Pronatec.
De acordo com o superintendente do Sebrae Bahia, Adhvan Furtado, a capacitação de professores vai possibilitar que o empreendedorismo chegue aos estudantes junto com conteúdos programáticos, como matemática e outras disciplinas. “O empreendedorismo vai contribuir para desenvolver de forma muito democrática as regiões da Bahia, principalmente no interior do estado, onde a informalidade é muito grande. A partir do momento que essas pessoas têm conhecimento, que estão preparadas para empreender com qualidade, elas percebem que a formalização é importante e que elas podem usar as vocações locais para ter sucesso”, afirmou o superintendente.
Primeiro Emprego
O evento desta terça também reuniu gestores de unidades de ensino que oferecem Educação Profissional no estado, para debater a oferta de vagas e a procura de estudantes peloprograma Primeiro Emprego. O objetivo é identificar egressos para atuar nas secretarias de 150 unidades escolares, ampliando, ainda mais, a inserção dos jovens no mundo do trabalho. O governador Rui Costa pediu aos estudantes que eles atualizem seus dados. “Estamos em uma busca ativa dos jovens egressos da escola técnica para oferecer uma oportunidade, mas esbarramos na dificuldade de encontrá-los por falta de informações ou dados equivocados no cadastro. Queremos gerar nove mil vagas no setor público e estamos trabalhando para gerar mais nove mil na iniciativa privada. Então peço que vocês preencham e os professores orientem os alunos na importância desse cadastro”, destacou Rui.
A ideia do programa é inserir nove mil jovens no mercado de trabalho até o final de 2018. Para isso, é importante que os estudantes estejam com seus dados cadastrais atualizados no banco de dados da Secretaria Estadual de Educação. A atualização pode ser feita pela internet, no site ou ainda na unidade escolar em que o estudante está matriculado ou que concluiu seu curso. Até o momento, um total de 7.214 egressos e estudantes da rede estadual foram convocados, sendo que 2.257 deles já foram encaminhados para postos de trabalho.

Secretaria mobiliza estudantes para os projetos ‘Parlamento Jovem Brasileiro’ e ‘Jovem Senador’

parlamento jovem 2017 campanha

A Secretaria da Educação do Estado está mobilizando os estudantes da rede para que participem dos projetos Parlamento Jovem Brasileiro (PJB) e Jovem Senador. As inscrições para o PJB podem ser feitas até 9 de junho e para o Jovem Senador, no período de 1º de junho a 18 de agosto. Tratam-se de ações de empoderamento juvenil que têm como objetivo, respectivamente, proporcionar aos alunos do Ensino Médio a vivência do trabalho dos deputados federais, por uma semana, na Câmara, em Brasília, e promover o conhecimento sobre a estrutura e o funcionamento do Poder Legislativo brasileiro, bem como estimular o relacionamento permanente dos jovens cidadãos com o Senado Federal.
Nesta segunda-feira (15), uma equipe da Secretaria da Educação visitou o Colégio Estadual Clériston Andrade, no bairro de Itacaranha, no Subúrbio de Salvador para dialogar sobre as iniciativas com líderes estudantis e representantes do Colegiado Escolar. A estudante Emile Maisk, 17 anos, 3º ano, se empolgou com a possibilidade de participar de um dos projetos. “Achei muito interessante, pretendo me inscrever para o Parlamento Jovem porque é uma oportunidade de crescimento como estudante e como cidadã. Já estou pensando no tema do meu projeto de lei: Segurança”, disse. O aluno Felipe Antunes, 14 anos, 1º ano, também ficou entusiasmado para participar do Parlamento Jovem. “Achei muito legal essa oportunidade de vivenciarmos a vida política do país mais de perto. Minha intenção é elaborar uma redação na área da Segurança”.
A coordenadora de Articulação dos Projetos Estruturantes da Secretaria da Educação, Helaine Souza, destacou que os projetos possibilitam aos estudantes construir um olhar mais crítico sobre a sua realidade. “Somados à experiência de convivência com as culturas e cores de todas as partes do nosso país, o PJB potencializa a atuação mais democrática dos jovens e seu protagonismo político”, afirmou.
Já o vice-diretor Rafael Pugliesi falou sobre a importância da participação estudantil nos projetos: “Acho uma iniciativa louvável da Secretaria da Educação de ter abraçado as duas ações que visam a politização dos estudantes, uma vez que é a partir da política que a realidade pode ser transformada. Empoderar o jovem significa formarmos uma nova geração de que possa vir fazer diferente e melhor”.
Como participar
Para participar do Parlamento Jovem Brasileiro, depois de elaborar o projeto de lei, o candidato dever preencher a ficha de inscrição, que pode ser encontrada na página do projeto . Em seguida, anexar os seguintes documentos: cópia do documento de identidade;
declaração de que está matriculado regularmente no ensino médio/técnico, em que conste o ano cursado; termo de autorização assinado pelos pais ou responsáveis, caso seja menor de 18 anos (o modelo está disponível no site, junto à ficha de inscrição) e enviar toda a documentação à Secretaria de Educação, via Sedex (5ª Avenida, 550 – Centro Administrativo da Bahia, Salvador – BA, 41745-004), ou por e-mail (bahia.pjb2017@gmail.com). Neste caso, o projeto de lei e a ficha de inscrição deverão estar em formato word e os demais documentos deverão ser digitalizados.
Para participar da edição de 2017 do Jovem Senador, os estudantes devem elaborar uma redação dissertativa-argumentativa de 20 a 30 linhas, com o tema: “Brasil plural: para falar de intolerância. A primeira etapa refere-se à seleção e inscrição do aluno pela escola. A segunda etapa diz respeito à seleção nos Estados e no DF e a terceira etapa, à seleção e classificação nacional no Senado.
Mais sobre o Parlamento Jovem Brasileiro
O projeto Parlamento Jovem Brasileiro simula uma jornada parlamentar, na qual os estudantes vivenciam o trabalho de um deputado federal, por meio de debates e votações. Podem participar estudantes do 2º ou 3º ano do Ensino Médio de escolas públicas ou particulares, ou no 2º, 3º ou 4º ano do ensino técnico, na modalidade integrada ao Ensino Médio, e devem ter entre 16 anos e 22 anos. Os interessados devem elaborar um projeto de lei de sua autoria que proponha mudanças para melhorar a realidade do país. O tema é livre, mas deve ter impacto nacional. O evento será realizado de 25 a 29 de setembro de 2017, na Câmara dos Deputados. Serão selecionados 78 projetos em todo o país.
Jovem Senador
O Jovem Senador, por sua vez, contribui para o processo de formação da cidadania ao incentivar o reconhecimento e o respeito às diferenças, provoca a reflexão sobre os valores morais e éticos que orientam o que é uma prática de intolerância e estimula o debate sobre a legislação vigente e as políticas públicas que visam garantir os direitos dos grupos minoritários ou não dominantes.

Interatividade nos meios digitais é destaque em campanha contra o Aedes

aecretario aedes

Uma nova campanha de combate ao mosquito Aedes aegypti foi lançada pelo Governo do Estado, nesta segunda-feira (15). A ação, apresentada para estudantes da rede pública durante evento no Colégio Estadual de Aplicação Anísio Teixeira, no bairro de São Marcos, em Salvador, vai usar as redes sociais, como o Instagram, Facebook e Youtube, para ampliar o alcance da campanha e engajar públicos diversos.
Uma caravana com dois caminhões levando o cinema ao ar livre, os óculos de realidade virtual, microscópio e outras atividades, vai percorrer as escolas estaduais, da capital e do interior, com as ações da campanha. De acordo com o secretário Walter Pinheiro, a ideia é fazer com que as atividades cheguem às 1.300 unidades da rede pública. “Estamos fazendo uma campanha que leva a conscientização e uma série de ações de combate ao mosquito, com a utilização de novas ferramentas. E a campanha encontra nas escolas o ambiente ideal para fazer essas ações florescerem. Queremos que o combate ao mosquito seja debatido dentro das salas de aula, que não seja pontual, mas que faça parte de uma prática de educação e formação”, destacou.
Ao lado dos titulares das pastas estaduais da Educação, e de Comunicação, André Curvello, o secretário da Saúde, Fábio Vilas-Boas, ressaltou que “influenciadores digitais e vídeos com um pouco de humor estimulam o compartilhamento da mensagem, que é simples e direta: ou você toma uma atitude ou o mosquito toma conta”.
A campanha também terá anúncios em sites, jornais, revistas, outdoors, busdoors, além da exibição de comerciais nas rádios e tevês de todo o estado. Para ao secretário André Curvello (Secom), apostar na diversidade de linguagens é garantir que a mensagem chegue aos baianos. “Entendemos a importância do tema e tentamos utilizar todas as ferramentas possíveis da comunicação, no sentido de que a gente atinja o maior número de pessoas. Essa é uma campanha complexa, que já começou a ser veiculada em todos os meios ‘off’ e online. Acredito que nunca fizemos uma campanha com tanta força nas redes sociais como esta”.
Lançamento
Com o uso da tecnologia, a apresentação desta segunda-feira mostrou aos estudantes a história do Aedes aegypti e a forma como foi disseminado pelo mundo, bem como as estratégias de combate ao mosquito, que é vetor de doenças como a dengue, zika e chikungunya. “Em uma única ação utilizamos a interatividade de um vídeo 360°, propusemos uma mini gincana, apresentamos o ciclo de vida do mosquito com o auxílio de microscópios e montamos uma estrutura de mini cinema para exibir dois vídeos educativos”, explicou Fábio Vilas-Boas.
A agenda para as próximas visitas da caravana já está pronta. Confira o cronograma:
  • 15 e 16 de maio – Colégio Estadual de Aplicação Anísio Teixeira, na capital.
  • 17 e 18 de maio – Colégio Estadual Presidente Costa e Silva, na capital.
  • 19 a 26 de maio – Salvador Shopping, na capital.
  • 29 e 30 de maio – Colégio Estadual José de Freitas Mascarenhas, em Camaçari.
  • 1º de junho – Colégio Estadual Polivalente de Camaçari, em Camaçari.
Saúde na Escola
Durante o evento desta segunda-feira, os secretários estaduais da Saúde e Educação também assinaram a adesão ao novo Programa Saúde na Escola, que destina recursos federais para as escolas públicas, sejam elas municipal, estadual ou federal. Nesse sentido, algumas ações são prioritárias, como a visita de profissionais de saúde nas escolas, ações de combate ao mosquito Aedes aegypti; avaliação de Saúde bucal, e a prevenção ao uso de álcool e outras drogas. A ideia é dar atenção integral à saúde dos estudantes da rede pública através de ações de promoção, prevenção e enfrentamento das situações que podem gerar vulnerabilidade.

Centro Juvenil de Vitória da Conquista abre as portas para um sábado de jogos digitais

centro juvenil scratch day 1

O Centro Juvenil de Ciência e Cultura (CJCC) de Vitória da Conquista foi aberto, neste sábado (13), para que os estudantes, suas famílias e a comunidade do entorno participassem do Scratch Day. A iniciativa da comunidade tecnológica e educacional acontece, simultaneamente, em diversas partes do mundo para a troca de informações, oficinas e mostras de projetos realizados com o Scratch. O Scratch é uma linguagem gráfica de programação desenvolvida pelo Instituto de Tecnologia de Massachusetts (MIT) para que crianças e jovens possam criar seus próprios jogos, animações e programas interativos, contribuindo com o processo de ensino e aprendizagem.
O estudante Robson Oliveira, 17 anos, 8ª série do Colégio Estadual Rafael Spínola Neto, é um craque em Scratch. No CJCC, de onde também é aluno, ele está desenvolvendo um jogo de basquete, por meio do programa. “O Scratch é uma experiência deslumbrante e instigante, porque ele desenvolve o nosso raciocínio e relaciona a nossa mente com várias áreas do conhecimento, como a Matemática, a partir da utilização, por exemplo, das operações matemáticas (adição, multiplicação, subtração, divisão) para fazer cálculos para saber, digamos, quantos graus a bola irá cair na rede”, explicou o estudante que, no evento, apresentou para os participantes um vídeo explicativo sobre o jogo de basquete que está desenvolvendo.
centro juvenil scratch day 2
Durante toda a manhã, os participantes se envolveram em oficinas de jogos educativos e foram apresentados aos jogos e animações já desenvolvidos pelos estudantes do CJCC Vitória da Conquista, através dessa tecnologia. “O Scratch pode ser acessado online (scratch.mit.edu) ou ser feito o download e está disponível em mais de 40 idiomas, inclusive em português. É gratuito e muito acessível, pois utiliza uma interface gráfica, que permite que programas sejam criados como blocos de montar. Em meia hora de oficina, pudemos constatar que as pessoas já tinham aprendido a elaborar um projeto simples, com conceitos importantes de diversas áreas do conhecimento”, destacou o professor Roberto Costa.
O Scratch foi criado para auxiliar jovens e crianças na Matemática e na Lógica, sem que eles tenham qualquer envolvimento técnico com a linguagem de programação. Um dos grandes diferenciais do Scratch, de acordo com os especialistas, foi o seu modelo de programação em blocos, que simplifica o entendimento de alguns elementos que, quando postos de forma escrita, são de difícil compreensão, como Funções, Laços de Repetição e Condicionais. Os países e locais que comemoraram o Scratch Day podem ser conferidos através do https://day.scratch.mit.edu/.

Centro Juvenil de Vitória da Conquista promove oficinas de jogos digitais abertas ao público neste sábado

centros juvenis cursos

O Centro Juvenil de Ciência e Cultura (CJCC) de Vitória da Conquista participa, neste sábado (13/5), da rede global de comemorações do Scratch Day – evento que acontece, simultaneamente, em diversas partes do mundo para troca de informações, oficinas e mostras de projetos realizados com o Scratch (programa para jogos digitais). Das 9h às 12h, na sede do CJCC, serão realizadas oficinas de jogos educativos, abertas a pais, professores, alunos e a comunidade em geral interessada em conhecer o Scratch. Durante o encontro, haverá, ainda, demonstração de jogos e animações com Scratch desenvolvidos pelos alunos do CJCC.

O Scratch é uma linguagem gráfica de programação desenvolvida pelo Instituto de Tecnologia de Massachusetts (MIT), onde foi criado o programa, para que crianças e jovens possam criar seus próprios jogos, animações e programas interativos em diversas áreas do conhecimento. O Scratch pode ser acessado online (scratch.mit.edu) ou ser feito o download. Está disponível em mais de 40 idiomas, inclusive em português. É gratuito e muito acessível, pois utiliza uma interface gráfica que permite que programas sejam criados como blocos de montar. Os países e locais que estão comemorando o Scratch Day podem ser checados no https://day.scratch.mit.edu/.

centro juvenil conquista 1

Secretaria divulga candidatos homologados em seleção interna da Educação Profissional

educação profissional 4

A Secretaria da Educação do Estado divulga, nesta quinta-feira (11/5), a lista das inscrições homologadas para a seleção interna Edital SEC/SUPROT 01/2017. A previsão é que o resultadfo final seja divulgado no Diário Ofical de 14 de junho de 2016, de acordo com o cronograma retificado publicado no Diário Oficial desta quinta.
Serão selecionados 37 professores efetivos do magistério com formação em pedagogia e especiaização em gestão pública. Outras 23 vagas são destinadas ao cadastro de reserva para atuar no Programa de planejamento, monitoria e avaliação da gestão dos centros e cursos de educação profissional da Bahia junto à Secretaria da Educação.

 

Estudantes concluintes do Ensino Médio têm gratuidade no ENEM

enem isenção gratuidade

Os estudantes da 3ª série do Ensino Médio da rede estadual de ensino possuem isenção garantida na inscrição do Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM). Para isso, eles devem informar, no ato da inscrição, que acontece até o dia 19 de maio, o seu CPF e data de nascimento. Com esses dados, o sistema identifica automaticamente quem são os alunos de escolas públicas e o valor, que seria de R$ 82, é liberado. A inscrição pode ser feira através do portal do Inep.
Quem também pode ter direito à isenção são os estudantes que não são concluintes (os treineiros) ou os que já finalizaram o Ensino Médio e que são cadastrados no Cadastro Único para Programas Sociais (CadÚnico) e ter o Número de Identificação Social (NIS).
A Secretaria da Educação do Estado da Bahia, por meio da campanha Enem 100%, está mobilizando as escolas da rede para que os estudantes realizem as inscrições em suas próprias unidades escolares. Nesta quinta-feira (11), será o “Dia E”, no qual todas as escolas irão disponibilizar para esses estudantes as suas estruturas como laboratórios de informática, secretarias e demais salas que contenham computadores com acesso à internet.
“Nós estamos pedindo que todos os gestores escolares das escolas de ensino médio estejam mobilizados a esta ação, na qual não será preciso mudar a rotina da escola, mas apenas criar um cronograma de atendimento para que todos os estudantes possam, de grupos em grupos, realizar suas inscrições. Nossa meta é garantir que 100% dos estudantes, ou seja, 125 mil que estão cursando a 3ª série do Ensino Médio, possam se inscrever tendo o apoio da escola”, destaca a coordenadora de Ensino Médio da Secretaria da Educação, Tereza Santos Farias.
Documentação
O estudante que ainda não possui o documento necessário para a inscrição, ou seja, o CPF, ainda pode providenciar. A emissão pode ser feita em um dos 12 postos do Serviço de Atendimento ao Cidadão (SAC) ou em um dos 61 Pontos Cidadãos, distribuídos em todo o estado (confira a lista abaixo). Além disso, o estudante que tem de 18 a 25 anos de idade e que possui o título de eleitor, tem como solicitar o documento gratuitamente pela internet, através do site da Receita Federal. O CPF também pode ser feito nas agências dos Correios, que custa R$ 7, Banco do Brasil, no valor de R$ 5,70, e na Caixa Econômica de qualquer município baiano. É necessário levar o RG e comprovante de residência (cópia e original).
Simulados
Em Vitória da Conquista, os estudantes do ensino médio do Colégio Estadual Polivalente já estão se preparando para o formato das provas do ENEM. O colégio vai aplicar durante a semana de provas, entre os dias 26 e 31 de maio, um simulado preparado por professores com conteúdos trabalhados na unidade.  As provas serão realizadas em quatro dias para não comprometer o rendimento dos estudantes.  Essa  atividade  contará como avaliação parcial da unidade, valendo 3 pontos. O restante da nota será distribuída em outras avaliações.
O simulado ajuda a fixação dos conteúdos cobrados. Além disso,  os estudante trabalham  questões como a pontualidade no preenchimento de gabaritos e tempo de realização das provas.
Segundo a diretora  Joana d’Arc Pereira, “a iniciativa tem o objetivo de avaliar a aprendizagem, ao mesmo tempo em que prepara para o novo modelo de provas do Enem. Numa preparação continuada e não somente pontual como é feita”.
As provas do Enem 2017  serão realizadas em duas etapas, nos dias 05 e 12 de novembro.

Olimpíada Brasileira de Robótica inscreve até dia 20 deste mês

olimpiada de robotica

As inscrições para a Olimpíada Brasileira de Robótica (OBR) estão chegando ao fim e os interessados têm até o dia 20 de maio para se inscrever. Uma das etapas estaduais acontece dentro da Campus Party Bahia, que será sediada na Arena Fonte Nova, em Salvador, de 9 a 13 de agosto. A vinda da CPBA para o estado baiano é resultado da articulação entre a Secretaria da Ciência, Tecnologia e Inovação do Estado (Secti) e a organização do evento.
A OBR é uma olimpíada científica que tem o objetivo primordial de estimular os jovens às carreiras científico-tecnológicas, identificar jovens talentosos e promover debates e atualizações no processo de ensino-aprendizagem brasileiro. A iniciativa possui as modalidades prática e teórica, adequadas ao público que não conhece a robótica e a alunos de escolas que já têm contato com a robótica educacional.
Qualquer estudante de escola pública ou privada do ensino fundamental, médio ou técnico, em todo o território nacional, pode participar. É preciso  se cadastrar, mas quem inscreve é o professor ou tutor responsável. Todas as informações referentes às inscrições estão disponíveis no site do evento.

Programa Mais Futuro divulga relação de selecionados para auxílio permanência

mais-futuro5

As universidades estaduais divulgaram nesta terça-feira (9) a relação dos estudantes que terão direito a auxílio permanência. Após triagem de todos os dados fornecidos pelos alunos até o dia 2 de abril, foram selecionados aqueles que apresentaram a documentação dentro dos critérios do programa.

A partir desta quarta-feira (10), os beneficiários deverão acessar o site do programa (http://maisfuturo.educacao.ba.gov.br), o mesmo onde foi feita a inscrição, e baixar os seguintes: o termo de compromisso e o termo de responsabilidade. Após imprimir e assinar esses documentos, os estudantes devem se dirigir a sua universidade. Aqueles que solicitaram o auxílio permanência serão informados sobre a data em que deverão comparecer ao banco para retirar o cartão do benefício. Os alunos que não tiveram sua solicitação homologada também podem acessar o site para preencher o formulário de recurso.

Novas listas de beneficiados serão divulgadas a medida que os estudantes entreguem seus documentos e os dados sejam validados pelas universidades. Aqueles que não constam nas listas já divulgadas devem acessar o site do programa para verificar pendências e fazer os ajustes necessários. A relação dos estudantes contemplados com vagas de estágios será divulgada em breve.

Confira a lista dos selecionados na Uefs, Uesb, Uesc e Uneb.

 

 

Fonte: Secretaria da Educação do Estado da Bahia

Recadastramento de aposentados da Educação convoca segundo grupo

recadastramento aposentados

Ainda está em curso o recadastramento dos servidores aposentados da Secretaria da Educação. Esta é a terceira etapa do recadastramento anual da Previdência Estadual, que irá contemplar 54.855 aposentados da pasta. O grupo deve regularizar seus dados funcionais por meio de escalonamento, programado para os meses de abril a junho. Em maio, devem comparecer aos postos Ceprev servidores com iniciais de J a M. O recadastramento de aposentados é realizado pela Secretaria da Administração (Saeb), por meio da Superintendência de Previdência (Suprev).

O recadastramento dos aposentados do Estado pode ser feito em uma das 59 unidades de atendimento do Ceprev da capital e interior, localizadas nos postos SAC e nos Pontos Cidadão, ou ainda no SAC Servidor, que funciona no Multishop Boca do Rio, em Salvador. Ainda é possível agendar o atendimento pelos números 0800 071 5353 / 4020-5353 para os postos SAC Paralela, Salvador Shopping, Feira Centro II, Conquista II e Lauro de Freitas.

Os aposentados devem apresentar os originais da carteira de identidade (ou outro documento de identificação oficial), com foto atual e em bom estado de conservação; CPF e comprovante de endereço, como contas de água, luz ou telefone. A ação tem por objetivo manter atualizados os dados funcionais de todos os aposentados do Estado. Em abril, se recadastram aposentados da Educação com iniciais de A a I. Em junho serão recadastrados servidores aposentados das iniciais de N a Z.

Mais informações no Portal do Servidor e pelo call center da Previdência Estadual: 0800 071 5353 e (71) 4020 5353.

Casos específicos – Quem residir fora da área de cobertura previdenciária deve efetuar o recadastramento por correspondência, enviando atestado de vida original e os demais documentos autenticados para: Suprev – Av. Tancredo Neves, n° 776, Bloco A, Bairro Caminho das Árvores, Salvador – Bahia, CEP: 41.820-904. É imprescindível sinalizar na parte externa do envelope a palavra “Recadastramento”.

O atestado de vida é um documento fornecido pela Suprev, cujo modelo encontra-se disponível no Portal do Servidor, e deverá ser assinado e carimbado por uma autoridade pública, como médico, delegado, dentre outras, desde que esteja em atividade, confirmando que aquele servidor está vivo e reside no município informado.

Em caso de impossibilidade de locomoção ou doença grave, o recadastramento pode ser feito mediante procuração por instrumento público (original e cópia), emitida no máximo até seis meses ou através de formulário próprio disponibilizado gratuitamente pela Previdência Estadual, além de atestado médico original emitido em até 30 dias, comprovando a dificuldade no deslocamento ou a doença grave.

Já os casos de falecimento deverão ser imediatamente comunicados pelos familiares do ex-servidor, mediante a apresentação da respectiva certidão de óbito em quaisquer das unidades Ceprev ou no SAC Servidor e pelo envio à Suprev pelos Correios (endereço acima) ou via fax para o número (71) 3116-5464.

Fonte: Secretaria da Educação do Estado da Bahia