Estão abertas até domingo inscrições para mais de 20 mil vagas de cursos técnicos na rede estadual de ensino

educacao profissional 2019

 

A Secretaria da Educação do Estado está com inscrições abertas, até domingo (14),  para mais de 20 mil vagas de cursos técnicos de nível médio. As vagas são para os Centros Estaduais e Centros Territoriais de Educação Profissional, além de unidades compartilhadas na capital e em mais 97 municípios dos 27 Territórios de Identidade, entre os quais estão: Feira de Santana, Vitória da Conquista, Itabuna, Gandu, Ipiaú, Ilhéus, Jequié, Juazeiro, Senhor do Bonfim, Barreiras, Seabra, Itaberaba, Serrinha, São Domingos, Bom Jesus da Lapa, Xique-xique, Irecê, Santo Antônio de Jesus, Cruz das Almas, Alagoinhas, Macaúbas e Caetité.
Ao todo são 45 cursos disponibilizados nas formas de oferta Educação Profissional Técnica de Nível Médio Integrada à Educação de Jovens e Adultos (PROEJA Médio) e Subsequente ao Ensino Médio (para quem já concluiu o Ensino Médio na rede pública e quer voltar a estudar). Entre os cursos estão: Administração, Segurança do Trabalho, Logística, Meio Ambiente, Agroecologia, Agropecuária, Enfermagem, Nutrição e Dietética, Análises Clínicas, Edificações, Eletrotécnica, Informática, Contabilidade, Farmácia, Química, Cozinha, Alimentos, Panificação, Recursos Humanos, Edificações, Desenho da Construção Civil, Rede de Computadores, Secretariado, Conservação e Restauro, Artes Visuais, instrumento Musical, Documentação Musical e Regência.

Do total ofertado, 12.510 vagas são para os cursos na forma de articulação Subsequente ao Ensino Médio. Neste caso, os estudantes devem acessar o Portal da Educação para realizar a inscrição no sorteio eletrônico. O resultado será divulgado no dia 16 de julho e os contemplados devem comparecer às unidades escolares para as quais se inscreveram para efetuar a matrícula no período de 18 e 19 de julho.
As demais 7.720 vagas são para cursos na forma de articulação PROEJA Médio, direcionada a jovens com mais de 18 anos, que concluíram o Ensino Fundamental. Para este público, a matrícula é feita diretamente nas unidades escolares ofertantes de Educação Profissional, com vagas disponíveis, no período de 18 e 19 de julho. No ato da matrícula, o estudante deve apresentar documentos como o original do histórico escolar; originais e cópias da cédula de identidade ou certidão de registro civil, do CPF e do comprovante de residência. Nos dois casos, as aulas serão iniciadas no dia 29 de julho.
O superintendente da Educação Profissional e Tecnológica do Estado, Ezequiel Westphal, falou sobre o impacto destas ofertas na formação dos jovens e adultos. “Estes cursos dão oportunidades para estudantes que concluíram o Ensino Médio na rede pública e buscam uma formação profissional e aos alunos que buscam um curso profissional articulado à Educação de Jovens e Adultos. As políticas para a Bahia, principalmente voltadas à EJA, têm se intensificado, cada vez mais, nos últimos anos. Então, convidamos a todos aqueles, que tenham interesse nos cursos na área de Educação Profissional, a fazerem a sua inscrição e ou a se matricular num processo bastante simplificado e inclusivo”, destacou.

Recadastramento de inativos da Educação entra na reta final

recadastramento

Termina no final do mês de julho o prazo para recadastramento dos servidores inativos da Secretaria da Educação do Estado. Nos dois primeiros meses da ação, encabeçada pela Superintendência de Previdência da Secretaria da Administração (Saeb), foram recadastrados 41.928 inativos em todo o estado, mais de 70% do total convocado. A Suprev pretende recadastrar aproximadamente 60 mil aposentados da pasta.
O procedimento pode ser feito em uma das 69 unidades do Centro de Atendimento Previdenciário (Ceprev), abrigadas em Postos e Pontos SAC da capital e interior, além do SAC Servidor, que atende no Multishop Boca do Rio, em Salvador. Ainda é possível realizar o atendimento por hora marcada em sete postos: Paralela, Salvador Shopping, Shopping da Bahia, Feira Centro II, Conquista II, Lauro de Freitas e SAC Servidor. O agendamento é feito no Portal SAC e pela plataforma do SAC Digital, disponível para aplicativo de celular e no endereço www.sacdigital.ba.gov.br.
Em todos os casos, é preciso apresentar documento de identidade oficial com foto atual (em bom estado de conservação), CPF e comprovante de residência atual (conta de água, luz ou telefone). Também é necessário apresentar o número do PIS e o título de eleitor, caso o aposentado os possuam, para atualização da base de dados do Sistema de Escrituração Digital das Obrigações Fiscais, Previdenciárias e Trabalhistas (eSocial).
Na capital e Região Metropolitana são aguardados 5.389 inativos da Educação – com iniciais de N a Z. O escalonamento tem como objetivo atender ao cidadão com mais conforto e comodidade. Para os aposentados residentes no interior e fora da área de cobertura previdenciária, o período do recadastramento teve início em maio e será finalizado ao final do mês de julho.
Não responder ao chamado da Superintendência de Previdência incorre na suspensão de créditos, que serão retomados de forma retroativa tão logo o recadastramento seja efetivado. Mais informações podem ser obtidas pelo Portal do Servidor ou por meio do call center da Previdência Estadual: 0800 071 5353 / (71) 4020-5353.

Secretaria inicia formação continuada com coordenadores pedagógicos e gestores escolares

formação continuada primeiro dia

Cerca de 2,5 mil profissionais da educação da rede estadual, entre coordenadores pedagógicos e gestores escolares, participam nesta segunda e terça-feira (8 e 9) do Encontro de Formação Continuada. A atividade, promovida pela Secretaria da Educação do Estado da Bahia por meio do Instituto Anísio Teixeira (IAT/SEC), é realizada em Salvador e, simultaneamente, em 12 Polos Formativos alcançando educadores dos 27 Territórios de Identidade.

“Esta é a terceira etapa do Plano de Formação Continuada que teve início em abril com a rodada de escuta e escrita colaborativa, prosseguiu com a formação dos formadores e agora estamos concretizando a formação do que chamamos de dupla gestora, que são os coordenadores pedagógicos e gestores escolares”, afirmou a diretora geral do Instituto Anísio Teixeira, Cybele Amado. Neste encontro formadores, coordenadores pedagógicos e gestores dialogam sobre avaliação diagnóstica.

O secretário da Educação, Jerônimo Rodrigues, saudou os educadores presentes no Polo de Salvador e frisou a importância de fortalecer a aprendizagem. “Começamos julho com muita alegria e a nossa expectativa é que este plano de formação colabore muito para o fortalecimento do processo de ensino e de aprendizagem dos nossos estudantes em todo o Estado e não só da rede estadual, queremos também chegar aos municípios por meio de regime de colaboração”, pontuou o secretário.

Gestores e coordenadores aprovam a formação

Coordenadora pedagógica no Colégio da Polícia Militar – Professor Alexandre Leal Costa, em Barreiras, Ermenízia Nogueira afirma que a formação continuada em contexto de trabalho é uma conquista. “É o momento da gente repensar e planejar novas práticas e mais significativas que levem realmente o encantamento aos nossos alunos para o processo de ensino e aprendizagem”, afirmou. “Estou achando muito pertinente a abordagem desta formação. É uma oportunidade de ouvir os nossos pares, o que eles têm feito de diferente para que a gente possa melhorar como um todo”, afirmou a coordenadora pedagógica Luciana Simões, do Colégio Estadual Josevaldo Lima, no município de Lamarão.

Entre os gestores escolares, a expectativa sobre a formação também é positiva. “Essa atividade é muito importante dentro da construção do que queremos fazer nas nossas escolas. É uma nova visão da Secretaria, um novo caminho com formação continuada, construção coletiva e amadurecimento de ideias para que, no chão da escola, possamos ter as transformações tão sonhadas e tão urgentes por nós que fazemos a escola pública acontecer nos territórios”, pontuou José Sérgio da Silva Pasto, do Colégio Estadual Hamilton Rios de Araújo, de Conceição do Coité.

Gestora no Colégio Estadual Herculano Faria, em Barreiras, Audemara Nascimento afirma ser um momento ímpar para a educação baiana. “Essa reflexão permite que a gente pense sobre os processos de ensino, a organização da escola e, principalmente, no que tange às práticas pedagógicas. É refletir sobre a forma que temos trabalho e como a escola tem se estruturado para alcançar o objetivo principal que é o desenvolvimento da aprendizagem de nossos estudantes”.

Fonte: Secretaria da Educação do Estado da Bahia 

Resultado da 2ª chamada do ProUni já está disponível para consulta

enem 100 por cento

Quem estava aguardando o resultado da segunda chamada do Programa Universidade para Todos (ProUni), referente ao segundo semestre, já pode conferi-lo no site do programa. Os candidatos também podem verificar a lista diretamente com a instituição de ensino superior para a qual se inscreveu.
Os pré-selecionados têm até terça-feira, 8 de julho, para apresentar às instituições os documentos que comprovem as informações fornecidas no momento da inscrição. É de responsabilidade do aluno checar a hora e o local de comparecimento.
Se o candidato não tiver sido chamado nas duas etapas, poderá tentar mais uma chance por meio da lista de espera. Para isso, precisa acessar o site do programa, nos dias 15 e 16 de julho, e manifestar o interesse. O resultado sairá em 18 de julho. Nesse caso, quem for contemplado terá entre 19 e 22 de julho para entregar a documentação junto à instituição.
ProUni
O programa é destinado a estudantes que ainda não têm diploma de nível superior, que tenham feito o ensino médio na rede pública, ou tenham estudado na rede particular com bolsas integrais. Pessoas com deficiência ou professores atuantes na rede pública também podem concorrer aos financiamentos.
Para concorrer às bolsas integrais (100%), o candidato deve comprovar renda familiar bruta mensal, por pessoa, de até um salário mínimo e meio. Já para as parciais, no valor de 50%, a renda familiar bruta mensal deve ser de até três salários mínimos por pessoa.

Estado abre mais de 20 mil vagas para cursos técnicos de nível médio

educação profissional abertura de vagas 2019

 

A Secretaria da Educação do Estado abriu inscrições, nesta quinta-feira (4), para mais de 20 mil vagas de cursos técnicos de nível médio. As vagas são para os Centros Estaduais e Centros Territoriais de Educação Profissional, além de unidades compartilhadas na capital e em mais 97 municípios dos 27 Territórios de Identidade, entre os quais estão: Feira de Santana, Vitória da Conquista, Itabuna, Gandu, Ipiaú, Ilhéus, Jequié, Juazeiro, Senhor do Bonfim, Barreiras, Seabra, Itaberaba, Serrinha, São Domingos, Bom Jesus da Lapa, Xique-xique, Irecê, Santo Antônio de Jesus, Cruz das Almas, Alagoinhas, Macaúbas e Caetité . As inscrições seguem até dia 14 de julho.
Ao todo são 45 cursos disponibilizados nas formas de oferta Educação Profissional Técnica de Nível Médio Integrada à Educação de Jovens e Adultos (PROEJA Médio) e Subsequente ao Ensino Médio (para quem já concluiu o Ensino Médio na rede pública e quer voltar a estudar). Entre os cursos estão: Administração, Segurança do Trabalho, Logística, Meio Ambiente, Agroecologia, Agropecuária, Enfermagem, Nutrição e Dietética, Análises Clínicas, Edificações, Eletrotécnica, Informática, Contabilidade, Farmácia, Química, Cozinha, Alimentos, Panificação, Recursos Humanos, Edificações, Desenho da Construção Civil, Rede de Computadores, Secretariado, Conservação e Restauro, Artes Visuais, instrumento Musical, Documentação Musical e Regência.
Do total ofertado, 12.510 vagas são para os cursos na forma de articulação Subsequente ao Ensino Médio. Neste caso, os estudantes devem acessar o Portal da Educação para realizar a inscrição no sorteio eletrônico. O resultado será divulgado no dia 16 de julho e os contemplados devem comparecer às unidades escolares para as quais se inscreveram para efetuar a matrícula no período de 18 e 19 de julho.
As demais 7.720 vagas são para cursos na forma de articulação PROEJA Médio, direcionada a jovens com mais de 18 anos que concluíram o Ensino Fundamental. Para este público, a matrícula é feita diretamente nas unidades escolares ofertantes de Educação Profissional, com vagas disponíveis no período de 18 e 19 de julho. No ato da matrícula, o estudante deve apresentar documentos como original do histórico escolar; originais e cópias da cédula de identidade ou certidão de registro civil, CPF e comprovante de residência. Nos dois casos, as aulas serão iniciadas no dia 29 de julho.
O superintendente da Educação Profissional e Tecnológica do Estado, Ezequiel Westphal, falou sobre o impacto destas ofertas na formação dos jovens e adultos. “Estes cursos dão oportunidades para estudantes que concluíram o Ensino Médio na rede pública e buscam uma formação profissional e aos alunos que buscam um curso profissional articulado à Educação de Jovens e Adultos. As políticas para a Bahia, principalmente voltadas à EJA, têm se intensificado, cada vez mais, nos últimos anos. Então, convidamos a todos aqueles que tenham interesse nos cursos na área de Educação Profissional a fazerem a sua inscrição e se matricularem em um processo bastante simplificado e inclusivo”, destacou.

Secretaria realiza atividade de apoio para aprendizagens de Português e Matemática

atividade portugues e matematica sec

 

A Secretaria da Educação do Estado (SEC), por meio do Sistema de Avaliação Baiano de Educação (SABE), está promovendo uma série de atividades diagnósticas em Língua Portuguesa e Matemática. O objetivo é levantar, de maneira mais precisa, as habilidades e conteúdos que os estudantes já consolidaram ou que ainda estão em desenvolvimento para garantir o fortalecimento das aprendizagens.
As ações do SABE têm como matriz de referência o Sistema de Avaliação da Educação Básica (SAEB), que constitui o Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (IDEB). Os dados obtidos pelo SABE oferecem aos professores e gestores a possibilidade de refletir sobre os resultados e investir em novas metodologias e práticas que assegurem as aprendizagens dos estudantes.
O SABE tem a projeção de abarcar cada vez mais anos/séries de ensino, e, hoje, são avaliados os anos finais dos ciclos educacionais, sendo o 5º e 9º ano do Ensino Fundamental, além da 3ª série do Ensino Médio e 4ª série do EPI. A primeira etapa, já executada, foi a avaliação diagnóstica. Agora, em um segundo momento, as unidades escolares estão aplicando a Atividade de Apoio ao Estudante e lançando os resultados obtidos, com o prazo previsto para conclusão até o dia 19 de julho, no sistema online SABE.
O secretário da Educação do Estado, Jerônimo Rodrigues, ressaltou a importância da iniciativa. “As Atividades de Apoio são de extrema importância, pois ajudam a fortalecer o processo de aprendizagem dos estudantes, ao retomar os conteúdos e habilidades que se apresentaram abaixo das expectativas de aprendizagens esperadas em Língua Portuguesa e Matemática. A partir dessas atividades, o professor pode construir novas ações pedagógicas que ampliem os conhecimentos dos estudantes. O diálogo entre gestores, coordenadores pedagógicos e professores, com vistas a incentivar os estudantes para a realização dessa atividade, é fundamental para o êxito da ação”, destacou.

Começou a etapa territorial dos Jogos Estudantis da Rede Pública

jerp fernando spinola

A etapa territorial dos Jogos Estudantis da Rede Pública (JERP) começou nesta quarta-feira (3) e segue até o dia 15 de julho. Os jogos são promovidos pela Secretaria da Educação do Estado da Bahia para potencializar a prática esportiva como um instrumento pedagógico incorporado ao currículo dos estudantes. O JERP é desenvolvido nos 27 Núcleos Territoriais de Educação (NTE), com a participação de estudantes e professores das redes públicas municipais, estadual e federal. A competição envolve diferentes modalidades como basquete, vôlei, futebol e xadrez. O ano de 2019 conta com uma programação comemorativa dos 10 anos do projeto.

Neste mês de Julho estão programados jogos estudantis nos municípios Pólos do Território Sudoeste Baiano, que abrangem o Núcleo Territorial de Educação 20 (NTE 20). No Pólo de Poções, nos dias 25 e 26 de julho, estarão participando dessa fase atletas dos municípios de Planalto, Barra do Choça, Bom Jesus da Serra, Mirante e Caetanos. Nos dias 1 e 2 de Agosto será a vez do Pólo Caraíbas, com participação dos estudantes de escolas dos municípios de Maetinga, Jânio Quadros, Aracatu e Anagé.
A etapa Pólo define os finalistas da Etapa Territorial que será realizada nos dias 25, 26, 27 e 28 de agosto, em Vitória da Conquista.
Calendário - Já foram realizadas as etapas escolares, municipais e polos. Depois da territorial, será realizada a etapa zonal, de 16 a 21 de julho, com modalidades individuais e coletivas. No mês de agosto será realizada a etapa estadual. A primeira fase para as modalidades coletivas, de 3 a 5 de agosto, e a segunda etapa, para modalidades individuais, nos dias 23 e 24. A etapa regional Nordeste, que representa a seletiva para etapa nacional, está programada para os dias 11, 12, 13, 14 e 15 de setembro. A Nacional está prevista para acontecer de 11 a 24 de novembro. O calendário anual envolverá ainda, o 2º Encontro de Articuladores, com a avaliação das ações de 2019, nos dias 5 e 6 de dezembro.

Fonte: Secretaria da Educação do Estado da Bahia 

Aulas na rede estadual de ensino retornam após recesso junino

volta as aulas 3

 

Os cerca de 800 mil estudantes da rede estadual de ensino retornaram às aulas nesta quarta-feira (03), depois do recesso junino. De acordo com o calendário escolar, o ano letivo termina no dia 16 de dezembro. As aulas estão sendo reiniciadas com uma série de novidades. As aprendizagens estão sendo fortalecidas por meio de projetos estruturantes, entre os quais o ENEM 100%, que prevê a realização de aulões e simulados focados no Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM).
A partir deste mês de julho serão mais quatro ciclos dos Aulões programados para os seguintes períodos: de 15 a 19 de julho; de 19 a 23 de agosto; de 23 a 27 de setembro; e de 7 a 11 de outubro, nos turnos matutino (das 9h às 12h) e vespertino (das 14h às 17h). Os aulões acontecerão no auditório da SEC, no Centro Administrativo da Bahia (CAB), com transmissão ao vivo por meio do Portal da Educação (www.educacao.ba.gov.br) e nas redes sociais da Educação Bahia.
Jornada Pedagógica
As escolas também estão sendo mobilizadas para a 2ª etapa da Jornada Pedagógica, no dia 27 de julho. A iniciativa está sendo realizada duas vezes por ano, desde 2017, reunindo professores, gestores e coordenadores pedagógicos em um planejamento coletivo baseado no tema “Pilares para a garantia do direito de aprender: currículo, formação, acompanhamento e avaliação”. Durante o encontro, os participantes discutem ações e atividades, bem como avaliam o conteúdo e as estratégias de articulação entre os projetos e o currículo escolar, tendo em vista a melhoria da aprendizagem.
Protagonismo estudantil 
Os estudantes também já estão desenvolvendo projetos com vistas à realização das feiras escolares de Ciências, Matemática e Empreendedorismo 2019 e, consequentemente, para a 8ª Feira de Ciências, Empreendedorismo e Inovação da Bahia (FECIBA). As feiras escolares acontecerão de 1º de agosto a 30 de setembro de 2019 e são compostas pela exposição e mostra de trabalhos realizados por estudantes sob a orientação de um professor. Os projetos para a feira escolar, em geral, partem de uma situação-problema, para a qual podem ser idealizados um processo, um modelo, um invento ou um experimento científico para resolvê-la ou minorá-la, gerando um resultado, modelo, protótipo ou outro tipo de produção, de tal forma que possa ser avaliado por sua utilidade; relevância social ou científica.
Os trabalhos selecionados nas feiras escolares deverão ser submetidos à 8ª FECIBA, no período de 1º a 20 de outubro. A FECIBA é considerada uma estratégia de divulgação e popularização científica, que envolve mostra de experiências e de estímulo ao protagonismo estudantil. Na atividade, os estudantes do Ensino Fundamental, do Ensino Médio e da Educação Profissional e Tecnológica, orientados por docentes, apresentam projetos desenvolvidos em sala de aula, que fortalecem o domínio de competências e habilidades nas diversas áreas do conhecimento.

Abertas as inscrições para o Programa Jovens Embaixadores

jovem embaixadores 2019 inscrições

 

As inscrições para o Programa Jovens Embaixadores (PJE) 2020 estão abertas até o dia 11 de agosto. O programa é uma iniciativa oficial do Departamento de Estado Norte-Americano e é coordenado, no Brasil, pela Embaixada dos Estados Unidos da América.
O PJE é destinado a estudantes do Ensino Médio da Rede Pública que se destacam em sua comunidade pela atitude positiva, bom desempenho acadêmico, conhecimento da língua Inglesa, capacidade de liderança e espírito empreendedor.
Inscrições
Para se inscrever é preciso preencher alguns pré-requisitos, como: ter nacionalidade brasileira; ter entre 15 e 18 anos; ser aluno do ensino médio da rede pública; ter boa fluência oral e escrita em Inglês; jamais ter viajado aos Estados Unidos; pertencer à camada socioeconômica menos favorecida; ter excelente desempenho escolar, e estar atualmente engajado em iniciativa de impacto social em sua comunidade por ao menos seis meses.
As inscrições devem ser feitas através do Facebook do programa, no endereço: www.facebook.com/jovensembaixadores ou pelo site www.jovensembaixadores.org.br.

CJCC de Vitória da Conquista está com inscrições abertas para o Clube de Ciências

centros-juvenis-cursos

 

O Centro Juvenil de Ciência e Cultura de Vitória da Conquista, unidade da rede estadual de ensino, está com inscrições abertas, até dia 03 de julho, para o Clube de Ciências. O clube tem como objetivo fomentar a iniciação científica, reunindo jovens que tenham interesse pela pesquisa, para discutir e criar projetos que buscam solucionar problemas cotidianos da sua comunidade. A atividade é direcionada aos estudantes da rede estadual da Bahia matriculados no Ensino Médio, na Educação de Jovens e Adultos (EJA) ou na Educação Profissional e Tecnológica. Os interessados podem se inscrever, através do link https://forms.gle/DyDPbinfEb8YL3AB7. A primeira reunião, que marcará a inauguração do Clube, será realizada no dia 4 de julho, às 16h, no CJCC de Vitória da Conquista.

A coordenadora do Clube, Karine Brasil, explica que o clube estimula o fazer ciência em sala de aula. “O Clube de Ciências é uma experiência nova que vamos começar no CJCC. Vamos agregar jovens que se interessam pela ciência, que gostam da pesquisa e de inventos. Nele, iremos tratar sobre conhecimento científico, montar projetos e realizar experimentos que os alunos adoram e, ainda, estruturar nossa Feira de Ciências”, revela.
Educação científica na rede
A Secretaria da Educação estimula a criação dos clubes de ciência no âmbito do projeto Ciência na Escola, fomentando, também, a realização das feiras escolares de Ciências, Matemática e Empreendedorismo e, consequentemente, da Feira de Ciências, Empreendedorismo e Inovação da Bahia (FECIBA), que chega à 8ª edição. As feiras escolares, como é o caso do CJCC de Vitória da Conquista, acontecerão de 1º de agosto a 30 de setembro de 2019 e são compostas pela exposição e mostra de trabalhos realizados por estudantes sob a orientação de um professor. Os projetos para a feira escolar, em geral, partem de uma situação-problema, para a qual podem ser idealizados um processo, um modelo, um invento ou um experimento científico para resolvê-la ou minorá-la, gerando um resultado, modelo, protótipo ou outro tipo de produção, de tal forma que possa ser avaliado por sua utilidade; relevância social ou científica.
Os trabalhos selecionados nas feiras escolares deverão ser submetidos à 8ª FECIBA, no período de 1º a 20 de outubro. A FECIBA é considerada uma estratégia de divulgação e popularização científica, que envolve mostra de experiências e de estímulo ao protagonismo estudantil. Na atividade, os estudantes do Ensino Fundamental, do Ensino Médio e da Educação Profissional e Tecnológica, orientados por docentes, apresentam projetos desenvolvidos em sala de aula, que fortalecem o domínio de competências e habilidades nas diversas áreas do conhecimento.
Sobre os Centros Juvenis 
Os Centros Juvenis de Ciência e Cultura (CJCC) têm sido um ponto de encontro dos estudantes que, no turno oposto aos quais estão matriculados, participam de cursos e oficinas oferecidos. Os centros ampliam a jornada escolar, diversificam o currículo dos estudantes e ampliam o acesso da juventude baiana às temáticas contemporâneas com as atividades voltadas à arte, cultura, inovação e ciência.