Vitória da Conquista sedia fase Territorial dos Jogos Estudantis da Rede Pública 2019


A Secretaria da Educação do Estado da Bahia realiza em todo o Estado da Bahia os Jogos Estudantis da Rede Pública 2019 (JERP).  Os jogos são promovidos pela Secretaria da Educação do Estado da Bahia para potencializar a prática esportiva como um instrumento pedagógico incorporado ao currículo dos estudantes. O JERP é desenvolvido nos 27 Núcleos Territoriais de Educação (NTE), com a participação de estudantes e professores das redes públicas municipais, estadual e federal. A competição envolve 7 diferentes modalidades esportivas como handebol, basquete, vôlei, futebol, futsal, baleado  e xadrez.
Os jogos serão realizados nesta quarta-feira (20), a partir das 8:30  no Ginásio Municipal Edvaldo Flores, Praça CÉUS, Ginásio de Esportes da AABB e Quadras Poliesportivas  do IFBA, IEED e Colégio Modelo.
Estão envolvidos nesse projeto  aproximadamente 885 estudantes atletas (Masculino e Feminino) de escolas de Conquista e de 15 municípios do território sudoeste baiano (NTE 20).
Medalhas e troféus serão entregues como premiação para os três primeiros colocados em cada modalidade e para as três escolas que  mais se destacarem durante a competição.

Veja os projetos selecionados para a 8ª Feira de Ciência, Empreendedorismo e Inovação da Bahia


A Secretaria da Educação do Estado da Bahia divulgou o resultado dos projetos de iniciação científica selecionados para a 8ª edição da Feira de Ciências, Empreendedorismo e Inovação da Bahia (FECIBA). Este ano, a feira acontecerá de 26 a 28 de novembro, em Salvador. Os projetos foram desenvolvidos por estudantes e professores orientadores do Ensino Fundamental II, do Ensino Médio e da Educação Profissional e Tecnológica da rede estadual de ensino. Dentre os principais temas abordados, destacam-se meio ambiente, sustentabilidade e empreendedorismo social. 
 
>> Clique aqui para ver a lista de selecionados
  
Nesta edição da FECIBA, foram submetidos 1002 projetos de iniciação científica, dos quais foram selecionados 240 para apresentação. A ação alcançou 138 unidades escolares, de 26 Núcleos Territoriais de Educação, em 85 municípios. Os projetos estão distribuídos nas seguintes categorias: Ciências Exatas e Engenharia; Ciências Humanas; Ciências Biológicas; Energia e Sustentabilidade; Empreendedorismo, Mundo do Trabalho e Projeto de Vida; e Júnior Menor.
 
O coordenador executivo de Projetos Estratégicos da Secretaria da Educação do Estado, Marcius Gomes, destacou a importância da FECIBA para o fazer científico em sala de aula. “A FECIBA compõe as iniciativas de popularização das Ciências na Bahia e tem um papel proativo de intercâmbio, formação de profissionais da Educação, dinamização da produção científica e, para tanto, pretende elevar o número de professores, estudantes, municípios e escolas atendidos pelo programa. A ação é articulada com o Plano Estadual de Educação e com as Competências Gerais da Base Nacional Comum Curricular”, afirmou.
 
Sobre a FECIBA
O projeto foi idealizado em 2010e tem o objetivo de estimular a relação ensino-aprendizagem e fomentar o protagonismo dos estudantes na construção do seu conhecimento. Neste ano, além da iniciação científica, a FECIBA, que é desenvolvida no âmbito do projeto Ciência na Escola, passou a incluir os projetos estruturantes e intersetoriais da Secretaria da Educação do Estado. Nesta perspectiva, a FECIBA inova ainda mais os currículos escolares na sua 8ª edição, possibilitando a criatividade, a autonomia e o protagonismo estudantil com as artes, a cultura e o esporte.


Fonte: Secretaria da Educação do Estado da Bahia

Estado implanta matrícula 100% online com o SAC Digital


A matrícula da rede estadual de ensino a partir de agora será realizada totalmente online, podendo ser feita por dispositivos móveis como tablets e celulares. Isto será possível graças à parceria da Secretaria da Educação do Estado (SEC) com a Secretaria da Administração do Estado (SAEB), e a Companhia de Processamento de Dados do Estado da Bahia (PRODEB), por meio do uso do SAC Digital. Esta moderna plataforma, que unifica todos os serviços do Estado em um único portal, também disponibilizará, de forma rápida e fácil, o serviço da matrícula online. Basta que os estudantes, pais ou responsáveis baixem o aplicativo do SAC Digital nas lojas APP Store ou Google Play, ou façam o cadastro através do link https://www.sacdigital.ba.gov.br/.
 
O processo de matrícula online da rede estadual já começa na próxima segunda-feira (18) e segue até o dia 20 de novembro, com a pré-matrícula de estudantes da Educação Inclusiva. Logo em seguida, no dia 21 de novembro, começa a renovação da matrícula para os estudantes da rede estadual com frequência regular no ano de 2019, seguindo até o dia 10 de dezembro. Os estudantes já matriculados na rede estadual também poderão optar em fazer a renovação da matrícula na própria escola.
 
Os alunos novos, oriundos das redes municipais e privada, também poderão utilizar o SAC Digital, mas para este público, a matrícula será realizada de 21 a 28 de janeiro de 2020, de acordo com o calendário a ser divulgado pela Secretaria da Educação do Estado e que estará disponível no Portal da Educação. Os mesmos também precisarão fazer o cadastro e, após a matrícula online, terão 24 horas para apresentar a documentação necessária na escola para a qual efetuou a matrícula.
 
Passo a passo – Para realizar o cadastro, o estudante precisa acessar o SAC Digital (portal ou aplicativo) e clicar em “Cadastre-se” no menu principal. Em seguida, é só preencher um formulário. No campo “E-mail”, é necessário informar um e-mail que o usuário costuma acessar e que lembra a senha. No final do cadastro, será necessário acessar este e-mail para ativar a conta no SAC Digital. A matrícula só poderá ser realizada mediante este cadastro.
 
 O superintendente de Planejamento Operacional da Rede Escolar do Estado, Manoel Vicente Calazans, falou sobre a importância deste avanço tecnológico. “A tecnologia hoje é uma ferramenta que permite mais acesso à informação e a matrícula pelo SAC Digital vai facilitar ainda mais a vida dos estudantes e dos responsáveis, podendo ser feita em qualquer lugar”, afirmou Calazans.
 
O coordenador de Tecnologia da Informação da Superintendência da Gestão e Inovação (SGI), ligada a Secretaria da Administração do Estado da Bahia (SAEB), Anderson Barbosa, também falou sobre as vantagens da matrícula on-line e chamou a atenção para a necessidade do cadastro no SAC Digital. “A plataforma SAC Digital será um canal único de serviços entre o cidadão e o Governo da Bahia. Além disso, permitirá um melhor relacionamento com os usuários, podendo enviar notificações pelo celular. Logo, para que todas as funcionalidades sejam colocadas em prática, precisamos que os estudantes se cadastrem no sistema”, explicou.


Fonte: Secretaria da Educação do Estado da Bahia

Confira o resultado territorial do Concurso de Vídeos Educativos Saúde na Escola

A Secretaria da Educação do Estado da Bahia divulga, nesta quinta-feira (7), o resultado territorial do Concurso de Vídeos Educativos Saúde na Escola 2019, destinado a estudantes da Rede Estadual. O concurso tem o objetivo de promover a reflexão sobre a temática entre os estudantes e professores, além de estimular ações de prevenção e promoção à saúde na escola.
 
Esses vídeos serão avaliados pela Comissão Estadual nos dias 07 e 08 de novembro e os três melhores avaliados de cada subtema passarão para a etapa
 
Confira a lista dos vídeos selecionados
 
>> Subtema: Controle do mosquito Aedes aegypti e prevenção das arboviroses
NTE
UNIDADE ESCOLAR
MUNICÍPIO
ESTUDANTES AUTORES
NTE 07
Colégio Estadual Henrique Brito 
Teixeira de Freitas
Isabelly Barbosa Ribeiro
Rebeca Silva dos Santos
NTE 08
Centro Territorial de Educação Profissional do Médio Sudoeste Itororó
Itororó 
Guilberty Santos Silva
Flávia Alessandra Matos dos Santos
NTE 13
Colégio Estadual de Brumado
Brumado
Antoniel Teixeira Carlos da Silva
Lusdete Pereira Borges
NTE 15
Centro Tecnológico de Educação Profissional da Bacia do Jacuípe II João Campos
Riachão do Jacuípe
Liviane Reis Lião
Alexsandra de Jesus Santos
NTE 16
Colégio Estadual do Junco – Anexo Paraíso
Jacobina
Zaine Santana Costa
Ester Silva Oliveira
NTE 20
Colégio Estadual Isaías Alves
Poções
Davi Leandro Souza
Fernanda Almeida
NTE 23
Colégio Estadual Rolando Laranjeira Barbosa
Santa Maria da Vitória
Luidy Wbiratan Costa Xavier
Fabio Renilson Santos Nunes
NTE 25
Escola Estadual Quilombola São Tomé
Campo Formoso
Luma Isadora Silva Santos
Jackson Vitor Ribeiro Marques
NTE 26
Colégio Estadual de Plataforma
Salvador
Samai Melo Anunciação
Julia Souza Santos

>> Subtema: Prevenção às infecções sexualmente transmissíveis (IST) e Aids
NTE
UNIDADE ESCOLAR
MUNICÍPIO
ESTUDANTES AUTORES
NTE 02
Colégio Estadual Luiz Viana Filho
Barra
Mariana Ribeiro da Silva
Lualdy Santiago Oliveira
NTE 03
Colégio Estadual Doutor Antônio Carlos Magalhães
Seabra
Luana Aquino Santos
José Felipe Alencar de Souza
NTE 04
Colégio Estadual Rubem Nogueira
Serrinha
Ana Jaquira de Carvalho Santos
Midiã Santana de Jesus
NTE 06
Colégio Estadual Nair Lopes Jenkins
Wenceslau Guimarães
Ingrid Batista dos Santos
Raison dos Santos Dias
NTE 09
Colégio Estadual Aldemiro Villas Boas
São Miguel das Matas
Joyce Bonfim Barreto
Maile da Silva Castro
NTE 11
Colégio Estadual Mimoso do Oeste
Luís Eduardo Magalhães
Andressa Borges Mendes
Karolinne Gonçalves do Vale
NTE 13
Colégio Estadual Getúlio Vargas
Brumado
Lauane Oliveira da Silva
Phâmela Vitória Portugal dos Santos
NTE 15
Colégio Estadual Normal de Pintadas
Pintadas
Diogo Almeida de Oliveira Souza
Maike Gonçalves Oliveira Santos
NTE 19
Colégio Estadual Helena Assis Suzart
Feira de Santana
Helen Silva Santos
Anailsa da Silva Santos Vasconcelos Ferreira
NTE 20
Colégio da Polícia Militar – CPM Eraldo Tinoco
Vitória da Conquista
Hemelly Rios Santos
Lorena Soares do Nascimento
NTE 23
Colégio Estadual Rolando Laranjeira Barbosa
Santa Maria da Vitória
Grazielly Gonçalves Silva
Guilherme Lelis da Silva
NTE 25
Centro Territorial de Educação Profissional do Piemonte Norte do Itapicuru
Jaguarari
José Wilker Nascimento de Souza
Sara Coelho da Silva
NTE 26
Colégio Estadual Plataforma
Salvador
Luiza do Carmo de Jesus
Melissa Fonseca Passos
NTE 27
Colégio Estadual Armando Ribeiro Carneiro
Eunápolis
Thalita dos Santos Nascimento
Vinicius Vilhena de Oliveira
>> Subtema: Promoção da alimentação saudável
NTE
UNIDADE ESCOLAR
MUNICÍPIO
ESTUDANTES AUTORES
NTE 02
Colégio Estadual Luiz Viana Filho
Barra
Mileide Pereira de Brito
Hellen Joyce de Castro Barbosa
NTE 04
Colégio Estadual Normal de Serrinha
Serrinha
Angélica Damião dos Santos
Ângelo Gustavo Santos Pinto
NTE 07
Colégio Estadual Henrique Brito  / Tempo Integral
Teixeira de Freitas
Tawana dos Santos Moreira
Gabrielle Alves do Nascimento
NTE 08
Centro Territorial de Educação Profissional do Médio Sudoeste Itororó
Itororó 
Lorena Camille Oliveira Silva
Karine Cerqueira dos Santos
NTE 09
Colégio Estadual Aldemiro Villas Boas
São Miguel das Matas
Nubia Garcês Esperança
Tayrlon Gabriel Santos da Cruz
NTE 11
Colégio Estadual Maria Olélia Lutz
Luís Eduardo Magalhães
Rafael da Silva Santos
Áquila Leão Resplandes Chaves
NTE 13
Colégio Estadual Getúlio Vargas
Brumado
Larissa Lobo de Souza
Jhennyfer Beatriz de Jesus Leite Souza
NTE 16
Colégio Estadual Ernesto Carneiro Ribeiro
Saúde
Gabriel Santos Nascimento
Luciene Jesus dos Santos
NTE 18
Colégio Estadual São Francisco
Alagoinhas
Tamires Vitória Barbosa Souza
____________________
NTE 19
Colégio Estadual Rotary
Feira de Santana
Letícia Lima Santos Caribé
Maria Clara Sousa Sena
NTE 20
Colégio Estadual de Piripá
Piripá
Andressa Santos Nery
Thaylane Almeida Guimarães
NTE 23
Colégio Estadual Rolando Laranjeira Barbosa
Santa Maria da Vitória
Cinthia Neves Silva
 
Ismael de Almeida Santos
NTE 25
Centro Territorial de Educação Profissional do Piemonte Norte do Itapicuru
Jaguarari
Anna Luisa Nascimento do Bonfim
Alcione Souza Bonfim da Silva
NTE 26
Colégio Estadual Governador Lomanto Junior
Salvador
Eva Brenda Soares da Silva
Cailane de Oliveira Suzart Ferreira
>> Subtema: Prevenção ao uso do álcool, tabaco e outras drogas
NTE
UNIDADE ESCOLAR
MUNICÍPIO
ESTUDANTES AUTORES
NTE 02
Colégio Estadual Coronel João Duque
Carinhanha
 Jamilson Cardoso Santos
Jean de Assis Borges Ruzsicsha
NTE 06
Colégio Estadual Paulo Cesar da Nova Almeida
Ibirapitanga
Yuri Lima dos Santos
Clara Evangelista de Miranda
NTE 07
Colégio Estadual Machado de Assis
Teixeira de Freitas
Kamille de Olveira Porto
Yasmim Oliveira Rocha Pereira
NTE 08
Centro Territorial de Educação Profissional do Médio Sudoeste Itororó
Itororó 
Ryann Azevedo Coutinho
Marcelly Cardoso Alves
NTE 09
Colégio Estadual João Pessoa
Itaquara
Alisson Queiroz Santos
Elisson Queiroz Santos
NTE 11
Colégio Estadual Antônio Geraldo
Barreiras
Gerson Zacarias Rocha de Oliveira
Thiago Elias da Silva Oliveira
NTE 13
Colégio Estadual de Brumado
Brumado
Daniel Souza Vieira
Elisângela da Silva Mata
NTE 15
Centro Tecnógico de Educação Profissional da Bacia do Jacuípe II João Campos
Riachão do Jacuípe
Jaiane Machado Silva
Maíra Queiroz de Oliveira
NTE 16
Colégio Estadual Ernesto Carneiro Ribeiro
Saúde
Camilo Ferreira Silva Noblat Pérez
Mário Alves da Silva Fialho
NTE 19
Colégio Estadual Antônio Carlos Magalhães
Antônio Cardoso
Bruna Sena da Silva e Silva
Wesley Silva Santos
NTE 20
Colégio Estadual Edvaldo Flores
Maetinga
Edilene Sousa Alves
Kerina Carrilho dos Santos
NTE 22
Colégio Estadual Maria José da Silva Limeira
Jequié
Marcos Vinicius Arcanjo dos Santos
Raiza Pereira Muniz
NTE 23
Centro Territorial de Educação Profissional da Bacia do Rio Corrente
Santa Maria da Vitória
Jorge Cardoso Santos Silveira
Neirivan Carvalho de Almeida
NTE 25
Colégio Estadual Quilombola de São Tomé
Campo Formoso
Ângela Maria Santos Nascimento
Emilly Vitória Jatobá Vieira
NTE 26
Colégio da Polícia Militar do Lobato
Salvador
Pablo Rogério Lemos dos Santos
Letícia Santos de Jesus
NTE 27
Colégio Estadual Armando Ribeiro Carneiro
Eunápolis
Lucas Guimarães Chaves
Fellipe Ferreira Silva Conceição
>> Subtema: Promoção da cultura da paz: repeito à vida e combate ao bullying nas escolas
NTE
UNIDADE ESCOLAR
MUNICÍPIO
ESTUDANTES AUTORES
NTE 03
Colégio Estadual Doutor Antônio Carlos Magalhães
Seabra
Malaquias França dos Santos
Izabela de Souza Brandão
NTE 04
Colégio Estadual Normal de Serrinha
Serrinha
Hallana Brito Lima Cordeiro
Vanessa de Oliveira Quaresma
NTE 07
Colégio Estadual Machado de Assis
Teixeira de Freitas
Guilherme Lima da Silva
Mateus dos Santos Rodrigues
NTE 08
Centro Territorial de Educação Profissional do Médio Sudoeste Itororó
Itororó 
Daila Santos Santana
Giselly Brito Moreira
NTE 09
Colégio Estadual João Pessoa
Itaquara
Daniel Santos de Araújo
Gabriel Moreira Bispo Santos
NTE 11
Colégio Estadual de Barreirinhas
Barreiras
Divanildo Silva de Souza
Iuri Pereira de Almeida
NTE 13
Colégio Estadual de Brumado
Brumado
Daniel Souza Vieira
Elisângela da Silva Mata
NTE 15
Centro Tecnógico de Educação Profissional da Bacia do Jacuípe II João Campos
Riachão do Jacuípe
Isabelle Carneiro
Raul Davi da Silva Carneiro
NTE 18
Colégio Estadual São Francisco
Alagoinhas
Andrey Torres Santos
Monique Evelin Barbosa Azevedo
NTE 19
Colégio Estadual Antônio Carlos Magalhães
Antônio Cardoso
Vanusa Costa de Almeida
Robert da Paixão Santos
NTE 20
Colégio Estadual José Moreira Cordeiro
Cordeiro
Edivar Henrique de Sousa
Talita Maria Rocha
NTE 22
Colégio Estadual Luís Eduardo Magalhães
Aiquara
Gabriel Santos Conceição
Gabriel Bispo Barberino
NTE 23
Colégio Estadual Rolando Laranjeira Barbosa
Santa Maria da Vitória
Amanda Pereira dos Santos
Akiel de Queiroz França
NTE 25
Colégio Estadual Luís Eduardo Magalhães
Senhor do Bonfim
Oséias Lopes da Silva
Mateus Pereira dos Santos Nascimento
NTE 26
Centro Estadual de Educação Profissional Empreende Bahia
Salvador
Felipe  de Souza Araújo
Leonardo Jesus dos Anjos
NTE 27
Colégio Estadual Armando Ribeiro Carneiro
Eunápolis
Giovana Conceição Gomes
Vitoria Silva Reis
>> Subtema: Promoção da saúde ambiental e do desenvolvimento sustentável socioambiental
NTE
UNIDADE ESCOLAR
MUNICÍPIO
ESTUDANTES AUTORES
NTE 04
Colégio Estadual Normal de Serrinha
Serrinha
Giselle Nascimento dos Santos
Hércules de Souza Xavier
NTE 06
Colégio Estadual Nair Lopes Jenkins
Wenceslau Guimarães
Ingrid Azevedo Gomes
Luiz Fillipe Silva Moreira
NTE 07
Colégio Estadual Machado de Assis
Teixeira de Freitas
Ana Luíza Batista Silva
Vinícius de Almeida Rocha
NTE 08
Centro Territorial de Educação Profissional do Médio Sudoeste Itororó
Itororó 
Joice Da Silva Gonçalves
Julia Neri Vieira
NTE 09
Colégio Estadual Ruy José de Almeida
Laje
Laura Samyra Moreira Soares Pires
Vanderson Argôlo dos Santos
NTE 11
Colégio Estadual Constantino Catarino de Souza
Luís Eduardo Magalhães
Alerrandro da Silva Cardoso
Maesley Silva das Neves
NTE 13
Colégio Estadual Costa e Silva
Tanhaçu 
Lana Bárbara Escolástica dos Santos Araújo
Emanuelle Santos Souza
NTE 15
Colégio Estadual Normal de Pintadas
Pintadas
Izadora Lopes Sampaio
Marco Lima Macêdo
NTE 16
Colégio Estadual Ernesto Carneiro Ribeiro
Saúde
Antônio Oliveira Matos Neto
Luciano Augusto Oliveira Dias
NTE 18
Colégio Estadual São Francisco
Alagoinhas
Breno Gabriel Albuquerque Carmo
Florismara Albuerque Carmo
NTE 20
Escola Estadual São João Batista
Vitória da Conquista
Emile Santos de Oliveira
 
Eloísa Oliveira Sales
NTE 23
Colégio Estadual Rolando Laranjeira Barbosa
Santa Maria da Vitória
Laís Cristine Silva de Jesus
Natanael Soares Barbosa
NTE 25
Centro Territorial de Educação Profissional do Piemonte Norte do Itapicuru
Jaguarari
Jefferson Souza De Andrade
Bruno da Silva Borges
NTE 26
Colégio Estadual Luiz Navarro de Brito
Salvador
Fernanda Brito Machado
Guilherme de Jesus Santana
NTE 27
Colégio Estadual Modelo Luís Eduardo Magalhães
Porto Seguro
David Gonçalves de Souza Lisboa
Anthony Pinheiro da Silva


Fonte: Secretaria da Educação do Estado da Bahia

Estudantes da rede estadual são finalistas da V Olimpíada Baiana de Biologia

Os estudantes dos colégios estaduais de Tanque Novo e Eurides Santana, localizados em Tanque Novo e Poções, respectivamente, estão entre os 15 finalistas destaque de escolas públicas na V Olimpíada Baiana de Biologia (OBABIO). A iniciativa, promovida pelo Instituto de Biologia da Universidade Federal da Bahia (UFBA), tem o objetivo de incentivar o estudo na área de Biologia, estimulando o raciocínio científico na apresentação de soluções criativas para os problemas propostos. A data e local da cerimônia de premiação dos finalistas ainda serão divulgados no site da olimpíada.
 
A OBABIO destina-se a alunos do Ensino Médio regularmente matriculados em escolas estaduais, federais e particulares do Estado da Bahia e é composta por duas fases. A primeira fase é realizada internamente em cada uma das escolas, com critérios estabelecidos pelo professor responsável por coordenar a olimpíada na sua respectiva unidade escolar ou região. Já a segunda é realizada mediante prova contendo 30 questões objetivas e duas dissertativas, aplicada simultaneamente em diversas cidades do Estado da Bahia. 
 
O estudante Joares Pereira Junior, 16, 3º ano, do Colégio Estadual Eurides Santana, falou sobre a sua participação na olimpíada. “Na prova foram cobrados vários assuntos que estudei na escola e eu gostei bastante das questões. Estou muito contente por estar entre os finalistas, pois gosto muito da área de Biologia e pretendo cursar a faculdade de Medicina”, disse, entusiasmado. 
 
Mailton Batista Lima, 15, 1° ano, do Colégio Estadual de Tanque Novo, por sua vez, já acumula uma vasta experiência com olimpíadas educacionais. Além da OBABIO, ele participou, no ano passado, da Olimpíada Brasileira de Física das Escolas Públicas (OBFEP), na qual recebeu medalha de ouro na etapa estadual e medalha de prata na etapa nacional. Também já participou da Olimpíada Baiana de Química (OBAQ) e da Olimpíada Nacional de Ciências. “Além de serem divertidas de se fazer, as olimpíadas nos estimulam a estudar assuntos que vão além dos que são trabalhados nas séries que estamos cursando. Para participar da OBABIO, por exemplo, eu tive que estudar conteúdos de Biologia do 2º e 3º ano e foi muito desafiador. Já estou na expectativa da premiação”, revelou o estudante, que também almeja cursar Medicina. 
 
As demais unidades escolares com estudantes finalistas da V Olimpíada Baiana de Biologia são: Colégio Estadual Professor Rocha Pita, localizado em Aratuipe; Instituto de Educação Anísio Teixeira, em Caetité; e Colégio Modelo Luís Eduardo Magalhães, em Camaçari; além dos colégios estaduais Duque de Caxias e da Polícia Militar (CPM), ambos em Dendezeiros, em Salvador. 
 

Fonte: Secretaria da Educação do Estado da Bahia

Estudantes participam do aulão do Universidade para Todos em Salvador e Conquista


Às vésperas para o Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM), que será aplicado nos dias 3 e 10 de novembro, os estudantes participaram de aulão de revisão para a avaliação. Em Salvador, o encontro aconteceu no Teatro da Universidade Estadual da Bahia (UNEB). Em Vitória da Conquista, os estudantes se reuniram na Universidade Estadual do Sudoeste Baiano (UESB), em Vitória da Conquista. Na oportunidade, eles  aprenderam sobre as ações de assistência estudantil. 
 
Presente em todas as edições dos aulões em Salvador, o estudante Antônio Conceição, do pólo do Colégio Estadual Batista Neves, em Cajazeiras 5, afirma que se sente mais confiante para os próximos passos neste período decisivo do ano. “Esse é um reforço muito positivo para mim, que estou com 53 anos e venho buscar a minha oportunidade de entrar no curso de Pedagogia. Fiz curso técnico em 1985, mas passei a trabalhar com segurança. Tentei a UNEB em 2010 e perdi na redação, mas, agora vou tentar de novo. Quero que, com a minha referência, os jovens sintam prazer em estar na sala de aula”, destacou o aluno.
 
A estudante Carla Andrade deu um depoimento que emocionou a todos os presentes no Teatro UNEB. Após uma infância e juventude de grandes dificuldades, ela foi aprovada na UNEB e na Unilab, no recôncavo da Bahia. “Não tive a oportunidade de estudar quando criança, por conta dos problemas psicológicos que minha mãe tem. Conheci a escola só aos 17 anos de idade. Morei na rua e passei fome. Concluí meu ensino médio apenas em 2008. Em virtude de um problema de depressão, por conta de um relacionamento, tive que escolher um segundo amor para a minha vida, que foram os estudos”, contou a estudante, que hoje, aos 34 anos, cursa Letras – Espanhol e Literatura no Campus I da UNEB.
 
Os alunos ainda participaram de sorteio e receberam livros da Editora UNEB (EdUNEB). Os sorteados ganharam obras de autoria diversa e sobre os mais variados temas.
 
A manhã deste sábado de aulão foi finalizada com dicas sobre as obras que serão cobradas no Vestibular UNEB 2020. A atividade contou com a participação dedicada da professora Líbia Melo e dos monitores Jennifer Ramos, Daniel e Gleissia Santos.
 
Vitória da Conquista – Neste sábado também aconteceu o aulão no auditório do Colégio Modelo Luís Eduardo Magalhães, em Vitória da Conquista. A correção abrangeu as disciplinas Português, Matemática, Química, Física, História, Geografia e Literatura
 
Sobre o UPT – O programa é promovido pela Secretaria da Educação do Estado (SEC) em parceria com as quatro universidades estaduais (UESC, UNEB, UEFS e UESB), com o objetivo de fortalecer a política de acesso à Educação Superior.
 
Em 2019, foram disponibilizadas 11.505 vagas do programa. São 202 locais de funcionamento, distribuídos em 143 municípios do Estado da Bahia. O curso pré-vestibular é presencial, com carga horária de 20 horas semanais e aulas das disciplinas Português, Redação, Matemática, Física, Química, Biologia, Literatura, Língua Estrangeira (Inglês ou Espanhol), História e Geografia. Os aulões são mais uma ação pedagógico para potencializar este processo de ensino e aprendizagem.

Fonte: Secretaria da Educação do Estado da Bahia

Festival de Invenção e Criatividade leva centenas de pessoas ao CJCC de Vitória da Conquista

Com a proposta de celebrar o espírito inventivo, colaborativo e de interação na produção do conhecimento, o Centro Juvenil de Ciência e Cultura (CJJC) de Vitória da Conquista realizou, nesta sexta-feira (25), a 2ª edição do Festival de Invenção e Criatividade (FIC). O evento contou com mais de 1200 visitantes da rede pública e privada, além de municípios circunvizinhos. Na programação, mostra interativa, rodas de conversa, arena de jogos e espaço geek, que contou com a monitoria dos estudantes do CJCC, e oficinas para educadores, com representantes da Rede Brasileira de Aprendizagem Criatividade, sediada em São Paulo.
A estudante Renata Gondim, 17, do Centro Territorial de Educação Profissional (CETEP) de Vitória da Conquista, contou sobre a experiência de atuar como monitora no Festival. “É muito legal podermos passar o que aprendemos no CJCC. Participei do estande onde os visitantes podiam conhecer os jogos produzidos pela gente com a linguagem de programação Scratch, além da Arena de Jogos. Foi o momento especial”, ressaltou. Para a estudante Regineide Santana, 19, do Colégio Estadual Eraldo Tinoco, em Presidente Jânio Quadros, foi uma ótima oportunidade participar da iniciativa. “Pela primeira vez estamos participando de atividades fora do município e foi muito empolgante. Conhecer os experimentos em um espaço de criatividade, com certeza, acrescenta demais à nossa formação”, afirmou.             


A professora e organizadora, Elmara Souza, destacou que a iniciativa superou as expectativas e se tornou uma marca na Educação de Vitória da Conquista. “Para o segundo ano do Festival, queríamos ampliar as atividades e trazer novas atividades para os visitantes. Tivemos 50 atividades na mostra interativa, que foram de robótica e programação até história em quadrinhos e slime. Os professores puderam participar de oficinas que tiveram temas ligados à aprendizagem criativa e contamos com artistas que estiveram passando seu conhecimento em rodas de conversa. Foi um dia de muito aprendizado e conhecimento em que estiveram presentes estudantes, professores e pessoas interessadas daqui do município e cidades vizinhas, como Jânio Quadros e Barra da Estiva”, disse.


Fonte: Secretaria da Educação do Estado da Bahia

Escolas em toda a Bahia aplicam avaliações de Língua Portuguesa e Matemática com foco no IDEB

As escolas das redes estadual e municipais de ensino da capital e do interior iniciaram, nesta segunda-feira (21), a aplicação das avaliações de Língua Portuguesa e Matemática do Sistema de Avaliação da Educação Básica (SAEB), que é fundamental para a definição do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (IDEB) dos Estados. As provas do SAEB serão aplicadas até o dia 1º de novembro em todo o Brasil, no horário regular das aulas. Na Bahia, mais de 460 mil estudantes das redes estadual, municipais e, também, da rede privada devem fazer as avaliações.
 
As provas são direcionadas a estudantes do Ensino Fundamental (5º ano e 9º ano) e do Ensino Médio (3º ano e 4ª série da Educação Profissional). Em caráter amostral, este ano o SAEB também abrangerá o 2º ano do Ensino Fundamental e a Educação Infantil.
 
A estudante Maria Vitória Carvalho Silva, 18, 3º ano, do Colégio Modelo, localizado em Jequié (283 km de Salvador), saiu otimista da avaliação. “Tanto a prova de Português quanto a de Matemática foram muito tranquilas de se responder. Além de avaliar o nosso aprendizado, as avalições do SAEB também servem como uma preparação para o ENEM, pois os conteúdos são bem diversos. Gostei muito da experiência”, afirmou.
 
O secretário da Educação do Estado, Jerônimo Rodrigues, falou da importância da realização das avaliações do SAEB. “As escolas das redes estadual, municipais e particulares estarão passando por este processo de avaliação e seu objetivo é justamente que o resultado ajude a União, o Estado e os municípios a orientarem suas políticas públicas voltadas para a Educação Básica brasileira”, salientou.
 
Jerônimo ainda ressaltou o papel das famílias e do regime de colaboração com os municípios neste processo. “Quero fazer um apelo aos pais e responsáveis para que nestas duas semanas os nossos estudantes possam frequentar as escolas com este espírito de fazer as provas do SAEB com muita disposição e sem preconceito do que possa acontecer de resultado. Fizemos um esforço muito grande na área de formação de professores e com o nosso sistema de avaliação SABE, tendo uma boa relação com as secretarias municipais de Educação. Portanto, é isso que entendemos de regime de colaboração: a educação baiana é responsabilidade do Governo do Estado, dos municípios, dos empresários da Educação, dos familiares, dos próprios estudantes e percebemos que todos estão animados e envolvidos em prol de melhores resultados das escolas da Bahia”, finalizou.
 
Fátima Medeiros, coordenadora estadual do SAEB, ressaltou que a participação dos estudantes é fundamental. “Os agendamentos das aplicações estão sendo feitos com todas as escolas, com orientações para garantir uma maior participação dos estudantes e uma boa organização do processo. Isto é fundamental porque as escolas precisam garantir a participação de pelo menos 80% de estudantes para que o resultado da avaliação seja divulgado pelo INEP”, enfatizou.


Fonte: Secretaria da Educação do Estado da Bahia

Mais de 460 mil estudantes das escolas públicas devem fazer as provas SAEB a partir de segunda (21)

Mais de 460 mil estudantes das redes Estadual e municipais de ensino na Bahia devem fazer a partir de segunda-feira (21) as provas de Língua Portuguesa e de Matemática do chamado Sistema de Avaliação da Educação Básica (SAEB). Na Bahia, as provas serão aplicadas até o dia 1º de novembro. A participação dos estudantes na prova SAEB é fundamental para a definição do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (IDEB) dos Estados. E é a partir do IDEB que são gerados dados e indicadores que subsidiam a elaboração e o monitoramento das políticas educacionais nas redes estadual e municipais de ensino.
 
As provas serão aplicadas no horário regular das aulas e são dirigidas para estudantes do Ensino Fundamental (5º ano e 9º ano) e do Ensino Médio (3º ano e 4ª série da Educação Profissional). Em caráter amostral, este ano o SAEB também abrangerá o 2º ano do Ensino Fundamental e a Educação Infantil.
 
O secretário da Educação do Estado, Jerônimo Rodrigues, destacou que para garantir que os resultados sejam publicados é necessário que cada Estado atinja, no mínimo, 80% de presença dos estudantes no dia da realização da prova. “Se não for alcançado este percentual de participação, o dado não será considerado pelo SAEB. É muito importante que os familiares motivem os seus filhos a participarem das provas e que os professores, gestores e toda a população baiana se envolvam em torno deste valioso processo avaliativo. A rede estadual, juntamente com as redes municipais, por meio da União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação (UNDIME-Bahia) e uma forte parceria com a União dos Municípios da Bahia (UPB), estão fazendo este chamado para que a prova SAEB alcance 100% de participação dos estudantes baianos”, afirmou.


Fonte: Secretaria da Educação do Estado da Bahia

Programa Partiu Estágio convoca 2.626 estudantes. Veja a lista


O Governo do Estado, por meio da Secretaria da Administração do Estado (Saeb), convoca 2.626 estudantes para integrarem o Programa Partiu Estágio. Os selecionados para o terceiro edital de 2019 do programa devem apresentar a documentação exigida até o dia 31 de outubro. A convocação foi anunciada pelo governador Rui Costa durante o #PapoCorreria, transmitido nas redes sociais, na noite desta quarta-feira (16).
 
Foram contemplados 110 cursos de graduação presenciais e EAD de instituições com sede/pólo na Bahia, na capital e em mais 40 municípios do estado. Os estudantes convocados receberão e-mail, ligação telefônica e SMS informando o órgão estadual que devem se apresentar para a entrega dos documentos. Aqueles que não apresentarem a documentação completa ou não se apresentarem dentro do prazo estipulado, automaticamente, perderão a vaga de estágio. A lista de convocados também está disponível no site da Saeb.
 
Como na edição anterior, o Partiu Estágio tem a reserva de 10% das vagas ofertadas para portadores de deficiência física, conforme o previsto pela Lei 11.788/2008. Sobre o quantitativo de vagas não reservadas, tiveram prioridade universitários inscritos no Cadastro Único para Programas Sociais (CadÚnico), seguidos daqueles que tenham estudado todo o ensino médio em escola pública ou com bolsa integral na rede privada.
 
Sobre o programa 
O Partiu Estágio é uma iniciativa da administração estadual baiana que garante acesso a oportunidades de estágio a estudantes universitários de instituições com sede na Bahia e que ainda não conseguiram se inserir no mercado de trabalho. É prioritário para estudantes inscritos no CadÚnico e estudantes que tenham estudado todo o ensino médio em escola pública ou com bolsa integral na rede privada.
 
O contrato de estágio tem duração de um ano, sem possibilidade de prorrogação, exceto quando o estudante é deficiente físico. A carga horária é composta de quatro horas diárias de atividades supervisionadas, chegando a 20 horas semanais, distribuídas de acordo com a necessidade da administração pública. Além da bolsa-estágio, os universitários terão direito a auxílio-transporte e 30 dias de recesso remunerado, proporcionais.
 
Documentação necessária:
•    Comprovante de residência
•    Original e cópia da Carteira de Identidade
•    Original e cópia do Cadastro de Pessoa Física – CPF
•    Original e cópia de Carteira de Identidade do representante legal, ou do Termo de Guarda expedida por autoridade judicial, se for o caso
•    Declaração da Instituição de Ensino informando semestre letivo, duração do curso, percentual cursado, turno de estudo, curso de formação e sua modalidade presencial (Anexo II do Edital)
•    Comprovante de matrícula e frequência da Instituição de Ensino
•    Declaração própria de que não exerce atividade remunerada em órgão público
•    Original e cópia do Título de Eleitor, se for o caso
•    Original e cópia do Certificado de Reservista, se for o caso
•    Carteira de Trabalho e Previdência Social – CTPS
•    Comprovação de inscrição no CadÚnico, se for o caso
•    Histórico escolar do Ensino Médio ou declaração emitida pela instituição de nível médio, no caso dos candidatos que tenham sido selecionados pelo critério de ter estudado todo o Ensino Médio em Escola Pública ou como Bolsista integral
•    No caso de pessoas portadoras de deficiência, deverá ser apresentado um Relatório Médico comprovando a deficiência


Fonte: Secretaria da Educação do Estado da Bahia