PROUNI – Divulgado edital do processo seletivo para o segundo semestre de 2019

enem primeiro dia

 

O Ministério da Educação publicou nesta quarta-feira, 22 de maio, o edital referente ao processo seletivo do segundo semestre do Programa Universidade para Todos (ProUni). As inscrições poderão ser feitas no período de 11 de junho de 2019 até as 23 horas e 59 minutos de 14 de junho do mesmo ano, exclusivamente na página do Prouni.
Podem se inscrever candidatos brasileiros que não tenham diploma de curso superior e que tenham participado do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2018. Para se candidatar ao Prouni, também é necessário atender a pelo menos um dos requisitos a seguir:
  • ter cursado o ensino médio completo em escola pública, ou em instituição privada como bolsista integral;
  • possuir alguma deficiência; ser professor da rede pública;
  • estar enquadrado no perfil de renda exigido pelo programa.
O ProUni oferece bolsas de estudo integrais (100%) e parciais (50%) em cursos de graduação de instituições privadas de ensino superior. As bolsas integrais são destinadas aos estudantes com renda familiar bruta per capita de até 1,5 salário mínimo. Já as bolsas parciais contemplaram os candidatos que têm renda familiar bruta per capita de até 3 salários mínimos.
Para efetuar a inscrição, o candidato deve informar o número de inscrição do Enem 2018 e a senha mais atual cadastrada no referido Exame. Além disso, complementar o cadastro com endereço de e-mail e número de telefone válidos, aos quais o MEC poderá, a seu critério, enviar comunicados periódicos referentes aos prazos e resultados do processo seletivo.
A divulgação do resultado da primeira chamada está prevista para o dia 18 de junho de 2019. Já a segunda chamada está prevista para o dia 2 de julho. O acesso é feito exclusivamente pelo site do Prouni.
Seleção
O candidato pré-selecionado deverá comparecer à respectiva instituição de ensino superior (IES) para comprovação das informações em datas distintas: na primeira chamada, de 18 a 25 de junho, e na segunda, de 2 a 8 de julho.
A lista de espera, caso as vagas não sejam ocupadas, fica disponível no site para consulta pelas IES no dia 18 de julho.
Nota mínima
O MEC estabelece que a nota mínima para participar no ProUni é de 450 pontos na média aritmética das notas obtidas nas provas do Enem. O cálculo é feito a partir da soma das notas das cinco provas do exame e, depois, dividindo por cinco. Outra exigência é a de que o aluno não tenha tirado zero na redação.
Prouni 
O Programa Universidade para Todos tem como finalidade a concessão de bolsas de estudo integrais e parciais em cursos de graduação e sequenciais de formação específica, em instituições de ensino superior privadas.
Criado pelo Governo Federal em 2004 e institucionalizado pela Lei nº 11.096, em 13 de janeiro de 2005, ele oferece, em contrapartida, isenção de tributos àquelas instituições que aderem ao Programa.
Dirigido aos estudantes egressos do ensino médio da rede pública ou da rede particular na condição de bolsistas integrais, com renda familiar per capita máxima de até três salários mínimos, o Prouni conta com um sistema de seleção informatizado e impessoal, que confere transparência e segurança ao processo.
Os candidatos são selecionados pelas notas obtidas no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) conjugando-se, desse modo, inclusão à qualidade e mérito dos estudantes com melhores desempenhos acadêmicos.
O Prouni já atendeu, desde sua criação até o processo seletivo do primeiro semestre de 2019, mais de 2,6 milhões de estudantes, sendo 69% com bolsas integrais.

Lista de cursos e instituições oferecidas pelo SISU já está disponível

enem 2019 ultimo dia de  inscrições

 

A consulta de vagas do Sistema de Seleção Unificada (Sisu) já está disponível. Os dados podem ser acompanhados pelo site do Sisu. Os estudantes têm acesso às instituições e aos cursos que serão oferecidos. As inscrições do Sisu iniciam em 4 de junho e vão até 7 de junho. Durante esse período, uma vez por dia, o Sisu calcula a nota de corte, que é a menor nota para o candidato ficar entre os potencialmente selecionados.
As notas de corte para cada curso são baseadas no número de vagas disponíveis e no total dos candidatos inscritos naquele curso, por modalidade de concorrência. A nota de corte é apenas uma referência para auxiliar o candidato no monitoramento de sua inscrição e não garante a seleção para a vaga ofertada. O sistema não faz o cálculo em tempo real. A atualização da nota de corte será feita sempre a meia-noite e ela é modificada de acordo com a nota dos inscritos.
Além disso, no site e no aplicativo do Sisu, o estudante pode acompanhar sua inscrição. As plataformas permitem acesso às classificações parciais, resultado final e a lista de aprovados.
Simulador
O simulador do Sisu, que mostra informações dos últimos processos seletivos, vai ficar temporariamente fora do ar. A previsão é que volte em 10 de junho. A medida, preventiva, foi necessária para evitar que o sistema fique sobrecarregado.
Sisu
O Sisu é o sistema informatizado do MEC no qual instituições públicas de ensino superior oferecem vagas para candidatos participantes do Enem.

Último dia de matrícula para o pré-vestibular Universidade Para Todos e aulas começam na próxima segunda (27)

universidade para todos inscrição

 

A matrícula para o cursinho pré-vestibular Universidade para Todos termina nesta sexta-feira (24), no local e turno para os quais o aluno optou para cursar. O programa é ofertado pela Secretaria da Educação do Estado em parceria com as universidades estaduais (UNEB, UESC, UEFS e UESB) e tem como objetivo o fortalecimento da política de acesso à Educação Superior. Neste ano, foram inscritos 32.711 estudantes de todo o Estado para as 11.505 vagas ofertadas. As aulas irão começar na próxima segunda-feira (dia 27 ) e seguem até dezembro.

 

No ato da matrícula, o estudante classificado deverá apresentar os documentos expressos no edital, dentre os quais os documentos pessoais e os históricos escolares do Fundamental II e do Ensino Médio. Além das aulas, os alunos têm acesso aos projetos complementares, como seminários, oficinas, simulados, revisão para o Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM) e orientação vocacional. Para os cursistas da UNEB e UESB, que obtiverem frequência superior a 75% nas aulas, está garantida a isenção da taxa de inscrição no vestibular.

 

Para a execução do projeto, serão selecionados pelas universidades parcerias, 1.034 estudantes universitários que atuarão como professores/monitores. Esta é mais uma política pública educacional desenvolvida pela Secretaria da Educação do Estado voltada para a juventude, de modo a oportunizar aos universitários a vivência do exercício da docência. Durante a execução do programa, esses alunos serão acompanhados e passarão por formação.

 

O cursinho pré-vestibular é voltado a estudantes matriculados, em 2019, no 3º ano do Ensino Médio Regular estadual ou municipal ou nas suas modalidades correspondentes; aos matriculados, em 2019, no 4º ano da Educação Profissional integrada ao Ensino Médio da rede estadual ou municipal ou nas suas modalidades correspondentes; e nos egressos do Ensino Médio estadual ou municipal do Estado da Bahia. Marcado pela abrangência nos 27 Territórios de Identidade, o programa já possibilitou a cerca de 20 mil estudantes o ingresso no Ensino Superior em diversas instituições, ao longo de dez anos.

Secretaria da Educação prorroga inscrições para seleção de 120 professores formadores

professores formação

A Secretaria da Educação do Estado da Bahia, por meio do Instituto Anísio Teixeira (IAT), prorrogou as inscrições para o Processo Seletivo Interno para os 120 educadores que atuarão como formadores no Programa Educar para Transformar – Formação Continuada dos Profissionais da Educação. Agora, os interessados em participar do certame, têm até às 18h, da segunda-feira (27/05) para fazer a inscrição.

Para concorrer a vaga, o candidato deve ser professor ou coordenador pedagógico do quadro efetivo da rede pública de ensino do Estado da Bahia, em efetivo exercício, com graduação em Pedagogia, Educação Física, Artes, História, Geografia, Sociologia, Filosofia e Ciências ou Licenciatura.

As inscrições devem ser feitas online, na página do Portal da Educação (http://educadores.educacao.ba.gov.br/selecaoformadores2019). O candidato deverá preencher o formulário online e o formulário anexo ao edital, além de enviar os documentos exigidos no edital. Após a etapa de inscrição, será realizada a Análise Curricular e Documental, de caráter classificatório e eliminatório. Por fim, os classificados nesta etapa, serão avaliados em uma entrevista técnica.

De acordo com a diretora geral do Instituto Anísio Teixeira, esta seleção é de fundamental importância para a formação que irá contemplar gestores escolares e coordenadores pedagógicos da rede estadual “Iniciamos esta seleção interna para trazer profissionais da rede que tenham experiência em formação, não só de professores, mas de diretores escolares, também. É importante ressaltar que estes profissionais selecionados vão continuar o trabalho na escola, além da atuação na formação”, completou Cybele Amado.

 

Fonte: Secretaria da Educação do Estado da Bahia

Secretaria da Educação publica edital para seleção de 120 professores formadores

formação continuada

A Secretaria da Educação do Estado da Bahia, por meio do Instituto Anísio Teixeira (IAT), publicou no Diário Oficial do Estado da Bahia (DOE), desta quarta-feira (22/05), o edital para seleção de 120 professores formadores que atuarão no Programa Educar para Transformar – Plano de Formação Continuada dos Profissionais da Educação. Para concorrer a vaga, o candidato deve ser professor ou coordenador pedagógico do quadro efetivo da rede pública de ensino do Estado da Bahia, em efetivo exercício, com graduação em Pedagogia, Educação Física, Artes, História, Geografia, Sociologia, Filosofia e Ciências ou Licenciatura.

As inscrições devem ser feitas online, na página do Portal da Educação (http://educadores.educacao.ba.gov.br/selecaoformadores2019), até às 23h59 desta quinta-feira (23/05). O candidato deverá preencher o formulário online e o formulário anexo ao edital, além de enviar os documentos exigidos no edital. Após a etapa de inscrição, será realizada a Análise Curricular e Documental, de caráter classificatório e eliminatório. Por fim, os classificados nesta etapa, serão avaliados em uma entrevista técnica.

De acordo com a diretora geral do Instituto Anísio Teixeira, esta seleção é de fundamental importância para a formação que irá contemplar gestores escolares e coordenadores pedagógicos da rede estadual “Iniciamos esta seleção interna para trazer profissionais da rede que tenham experiência em formação, não só de professores, mas de diretores escolares, também. É importante ressaltar que estes profissionais selecionados vão continuar o trabalho na escola, além da atuação na formação”, completou Cybele Amado.

Fonte: Secretaria da Educação do Estado da Bahia 

Partiu Estágio seleciona 1,4 mil universitários em novas convocações

partiu estágio - estágio

O governador Rui Costa anunciou na noite desta terça-feira (21), durante o #PapoCorreria, a convocação de 1.410 universitários para integrar o Partiu Estágio. Os estudantes, inscritos nos dois editais lançados pelo programa em 2019, deverão se apresentar na primeira semana de junho. “Esse é um grande programa socioeducacional, pois complementa a formação dos universitários e tem como foco os alunos oriundos da rede pública”, afirmou Rui.
Nesta quarta (22), a convocação será encaminhada ao candidato por e-mail, o mesmo cadastrado no sistema de inscrição do Partiu Estágio. Os selecionados para o primeiro edital do programa, com vagas para toda a administração pública, têm até o dia 4 de junho para se apresentar. Já os convocados para o segundo edital, específico para atuação na rede estadual de ensino, terão até 6 de junho para se apresentar. Os prazos estão estipulados nos editais correspondentes, disponíveis no site da Secretaria da Administração do Estado (www.saeb.ba.gov.br).
Para o primeiro edital, serão chamados 645 candidatos: estudantes de cursos presenciais de instituições estaduais, federais e privadas da Bahia, que irão atuar em 62 órgãos de 49 municípios. Já a convocação para o segundo edital – destinada a alunos de cursos presenciais e EAD de Letras, Matemática e Educação Física – irá selecionar 765 universitários para a Secretaria da Educação do Estado, com atuação no reforço escolar em todo o estado.
As duas convocações, organizadas de acordo com os editais, podem ser consultadas no site da Saeb (www.saeb.ba.gov.br). É importante ressaltar que a vaga de estágio é garantida apenas com a entrega de toda documentação exigida, dentro do prazo regulamentar. A lista de todos os documentos será encaminhada por e-mail e poderá ser consultada nos dois editais. Quem não entregar toda a documentação, ou não se apresentar no período estipulado, perderá a vaga.
Sobre o programa 
O Partiu Estágio é uma iniciativa da administração estadual baiana que garante acesso a oportunidades de estágio a estudantes universitários de instituições estaduais, federais e privadas com sede na Bahia e que ainda não conseguiram se inserir no mercado de trabalho.
É prioritário para estudantes inscritos no Cadastro Único para Programas Sociais (CadÚnico) e para aqueles que tenham estudado todo o ensino médio em escola pública ou com bolsa integral na rede privada. Desde o lançamento, em abril de 2017, já foram contratados 8,7 mil universitários para atuar no serviço público baiano.
Lista de documentação necessária:
- Comprovante de residência
- Original e cópia da Carteira de Identidade
- Original e cópia do Cadastro de Pessoa Física (CPF)
- Original e cópia de Carteira de Identidade do representante legal, ou do Termo de Guarda expedida por autoridade judicial, se for o caso
- Declaração da Instituição de Ensino informando semestre letivo, duração do curso, percentual cursado, turno de estudo, curso de formação e sua modalidade presencial (Anexo II do Edital)
- Comprovante de matrícula e frequência da Instituição de Ensino
- Declaração própria de que não exerce atividade remunerada em órgão público
- Original e cópia do Título de Eleitor, se for o caso
- Original e cópia do Certificado de Reservista, se for o caso
- Carteira de Trabalho e Previdência Social (CTPS)
- Comprovação de inscrição no Cadúnico, se for o caso
- Histórico escolar do Ensino Médio ou declaração emitida pela instituição de nível médio, no caso dos candidatos que tenham sido selecionados pelo critério de ter estudado todo o Ensino Médio em Escola Pública ou como Bolsista integral
- No caso de pessoas portadoras de deficiência, deverá ser apresentado um Relatório Médico comprovando a deficiência.

Inscrições para o Parlamento Jovem Brasileiro seguem até 31 de maio

parlamento jovem 2019

 

As inscrições do Parlamento Jovem Brasileiro seguem até o dia 31 de maio. O Programa é voltado para estudantes do ensino médio, de escolas públicas e particulares, de forma a possibilitar a ampliação do olhar sobre a sua realidade social, estimular a troca de ideia e debates, encorajar a investigação de problemas e o interesse de inovar e, consequentemente, o protagonismo estudantil.
Os estudantes deverão ser estimulados a elaborar um Projeto de Lei a partir de um tema –  Educação, Saúde, Meio Ambiente, Direitos Humanos, Cultura, Esporte, Turismo, Economia, Segurança Pública, Emprego, Defesa do Consumidor ou Agricultura. Na fase escolar, poderão ser mobilizados todos os estudantes, entretanto, para participar do Programa, alguns critérios devem ser considerados:
- Os estudantes devem ter entre 16 e 22 anos;
- Estar devidamente matriculados no ensino médio ou no ensino técnico na modalidade integrada ao ensino médio;
- Também podem participar estudantes que estejam concluindo o ensino médio na modalidade EJA (Educação de Jovens e Adultos).

Começaram nesta segunda (20) as inscrições para o Encceja

encceja foto simulado enem

 

Começaram nesta segunda-feira (20), as inscrições para o Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos (Encceja). O prazo vai até 31 de maio e o cadastro é gratuito, pela internet, no Sistema Encceja. No Brasil e no exterior, os candidatos visam obter certificação de conclusão do ensino fundamental, que exige, no mínimo, 15 anos; e do ensino médio, que requer 18 anos completos até o dia de aplicação da prova.
O edital para provas fora do Brasil será lançado posteriormente. As provas serão aplicadas em 25 de agosto, nos turnos da manhã e da tarde, em 611 municípios brasileiros. Quem se inscreveu em 2018 e não fez a prova terá outra chance este ano. Basta selecionar o motivo da ausência na hora da inscrição.
De acordo com o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), órgão responsável pela realização do Encceja, o exame possibilita a conclusão das etapas da educação e, com a certificação, criar melhores oportunidades de trabalho.
Resultados
Os resultados individuais do Encceja permitem a emissão de dois documentos distintos: a Certificação de Conclusão de Ensino Fundamental ou do Ensino Médio, para o participante que conseguir a nota mínima exigida em todas as provas; e a Declaração Parcial de Proficiência, para quem conseguir a nota mínima exigida em uma das quatro provas, ou em mais de uma, mas não em todas. A inscrição e o cumprimento das provas não garantem a documentação.
O exame é composto por quatro avaliações objetivas, com 30 questões cada, e redação. Serão consideradas habilitadas a receber o certificado as pessoas que atingirem o mínimo de 100 (cem) pontos em cada um dos testes (a pontuação máxima é de 200 pontos) e obtiverem nota igual ou superior a 5,0 (cinco) pontos na prova de redação (com nota máxima de 10).
O Inep disponibiliza materiais de estudo, além de orientações aos professores que atuam na preparação de estudantes da Educação de Jovens e Adultos (EJA).

Secretaria da Educação do Estado discute novas perspectivas sobre a oferta da Educação Integral

secretario jeronimo recebe representantes

A parceria com diferentes organismos tem sido viabilizada pela Secretaria da Educação do Estado (SEC) para fortalecer o processo de ensino e aprendizagem dos estudantes. E foi nesta perspectiva que membros do Instituto Sonho Grande e do Instituto de Corresponsabilidade na Educação (ICE) apresentaram ao secretário da Educação do Estado, Jerônimo Rodrigues, nesta segunda-feira (20), o projeto Ensino Médio em Tempo Integral. A experiência dos dois institutos é realizada em 18 Estados e tem como foco a expansão da formação integral dos estudantes. Participaram também da atividade representantes do Grupo Águia Branca e do Instituto Natura.
O secretário Jerônimo falou sobre o programa de Educação em Tempo Integral da rede estadual de ensino, que já foi implantado em 91 escolas, em 49 municípios baianos, alcançando quase 20 mil estudantes dos Ensino Fundamental e Médio. Ele também destacou a importância desta união de esforços para melhorar a educação. “A Educação está entre as prioridades do governador Rui Costa, por isso queremos aprofundar a estratégia de expansão das escolas em tempo integral, para que possamos dialogar de forma concreta e objetiva, levando em conta que estamos trabalhando em função do aprendizado dos nossos alunos que estão em sala de aula”.
A representante do Instituto de Corresponsabilidade na Educação (ICE), Juliana Zimmerman, falou sobre o diálogo com a Secretaria da Educação. “Para nós foi uma oportunidade maravilhosa estar aqui no Estado da Bahia levando um pouco do nosso conhecimento e nossa experiência já em 18 Estados e conhecer as especificidades daqui o que já foi feito em relação à Educação Integral. A Bahia tem muito a contribuir com o desenvolvimento do nosso projeto e a gente também com o que já construímos ao longo desses anos”.
O encontro também foi avaliado pelo representante do Instituto Sonho Grande, Igor Lima: “Ficamos muito felizes de apresentar um projeto que consideramos que já está ajudando a vida de vários jovens no Brasil. E vai ser muito interessante se a gente puder trazer esta experiência que temos em Pernambuco como um de nossos cases de resultados positivos em aprendizagem e fluxo, diminuindo as desigualdades sociais e melhorando as condições de vida dos egressos. Espero que tenhamos a oportunidade de trabalharmos juntos, contribuindo e aprendendo juntos, sempre ouvindo a SEC”.
O diretor de Relações Institucionais do Grupo Águia Branca, Wagner Chieppe, também falou sobre estra troca de experiências: “Para mim foi um momento importante porque estamos pensando aqui e dedicando a atenção para o maior motor do desenvolvimento socioeconômico do país, que é a Educação. A Bahia, com toda a tradição que conheço, dará grandes contribuições para o desenvolvimento da Educação no Brasil”.
Programa de Educação Integral
Desenvolver os alunos de forma completa é o foco da Educação em Tempo Integral ofertada na rede estadual de ensino, que trabalha com a perspectiva de ampliar os tempos e espaços de formação escolar promovendo a formação humana integral do estudante.

Começa nesta terça-feira (21) a matrícula do pré-vestibular Universidade Para Todos

universidade para todos inscrição

 

A matrícula para o cursinho pré-vestibular Universidade para Todos começa nesta terça-feira (21) e segue sexta (24), no local e turno para os quais o aluno optou para cursar. O programa é ofertado pela Secretaria da Educação do Estado em parceria com as universidades estaduais (UNEB, UESC, UEFS e UESB) e tem como objetivo o fortalecimento da política de acesso à Educação Superior. Neste ano, foram inscritos 32.711 estudantes de todo o Estado para as 11.505 vagas ofertadas. As aulas irão começar no dia 27 deste mês e seguem até dezembro.

No ato da matrícula, o estudante classificado deverá apresentar os documentos expressos no edital, dentre os quais os documentos pessoais e os históricos escolares do Fundamental II e do Ensino Médio. Além das aulas, os alunos têm acesso aos projetos complementares, como seminários, oficinas, simulados, revisão para o Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM) e orientação vocacional. Para os cursistas da UNEB e UESB, que obtiverem frequência superior a 75% nas aulas, está garantida a isenção da taxa de inscrição no vestibular.

>> Clique aqui para vera lista de classificados

Para a execução do projeto, serão selecionados pelas universidades parcerias, 1.034 estudantes universitários que atuarão como professores/monitores. Esta é mais uma política pública educacional desenvolvida pela Secretaria da Educação do Estado voltada para a juventude, de modo a oportunizar aos universitários a vivência do exercício da docência. Durante a execução do programa, esses alunos serão acompanhados e passarão por formação.

O cursinho pré-vestibular é voltado a estudantes matriculados, em 2019, no 3º ano do Ensino Médio Regular estadual ou municipal ou nas suas modalidades correspondentes; aos matriculados, em 2019, no 4º ano da Educação Profissional integrada ao Ensino Médio da rede estadual ou municipal ou nas suas modalidades correspondentes; e nos egressos do Ensino Médio estadual ou municipal do Estado da Bahia. Marcado pela abrangência nos 27 Territórios de Identidade, o programa já possibilitou a cerca de 20 mil estudantes o ingresso no Ensino Superior em diversas instituições, ao longo de dez anos.

Fonte: Secretaria da Educação do Estado da Bahia