Secretaria da Educação do Estado debate avanços na Educação do Campo

educação do campo reuniao

 

A Secretaria da Educação do Estado (SEC) recebeu em uma reunião, nesta segunda-feira (15), representantes da Federação dos Trabalhadores da Agricultura Familiar (FETRAF-BA), quando foram debatidas ações para a melhoria das escolas no campo visando a qualificação na oferta do ensino para os estudantes que moram na zona rural. Entre os temas discutidos foram a infraestrutura, formação de professores, sistema de informações, além do currículo escolar na Educação Básica e Profissional voltado às especificidades do campo.

Para o secretário da Educação do Estado, Jerônimo Rodrigues, é importante estreitar as relações com os movimentos sociais com o objetivo de dialogar e criar políticas públicas dentro da realidade dos trabalhadores do campo. “Queremos poder discutir aprendizagem com a FETRAF e outros movimentos sociais, que conhecem a realidade do estudante do campo para que possamos trabalhar ações que qualifiquem o ensino e proporcionem que  esses jovens tenham a opção de continuar na zona rural. Sabemos, por dados na UNICEF, que na Bahia cerca de 220 mil alunos, da Educação Infantil ao Ensino Médio, estão fora da sala de aula, e grande parte é das zonas rurais e periféricas dos municípios. Por isso, não podemos apenas nos preocupar com o estudante que está na escola, mas também com aqueles que a abandonaram, trazendo essa criança e este jovem de volta à unidade escolar e dando uma formação de qualidade”, destacou.
O coordenador geral da FETRAF-BA, Rosival Leite, destacou a educação como ponto estratégico nas atuações da instituição, que está presente em 86 municípios. “Estamos muito contentes com esse diálogo porque a educação sempre esteve alinhada com os processos produtivos. Sabemos das dificuldades que estamos passando na atual conjuntura, por isso queremos apresentar demandas que sejam de uma ordem macro para depois esmiuçarmos ações mais específicas. A Bahia se tornou um Estado de resistência e acredito que vamos poder avançar com ações que fortaleçam a Educação no Campo em parceria com a Secretaria da Educação do Estado”, afirmou.

Secretaria entrega Documento Curricular Referencial da Bahia ao Conselho Estadual de Educação

secretaria-entrega-documento-ao-conselho-estadual-de-educacao-foto2

 

A Secretaria da Educação do Estado da Bahia entregou, nesta segunda-feira (15), ao Conselho Estadual de Educação da Bahia, a versão final do Documento Curricular Referencial da Bahia, durante a *1012ª* sessão do conselho pleno, que contou com a presença do subsecretário da Educação, Danilo Souza e da superintendente de Políticas para a Educação Básica, Manuelita Falcão Brito.
O documento, que ainda será normatizado pelos membros do Conselho, tem como objetivo assegurar os princípios educacionais e os direitos de aprendizagem de todos os estudantes do território estadual, em toda a Educação Básica. Ele será uma referência para as redes estadual, municipais e privadas.
O documento foi construído em colaboração permanente entre municípios e Estado, com a participação de diversos educadores das redes de ensino. A construção contou com uma equipe de redatores especialistas em todas as áreas do conhecimento, responsáveis pela escrita, e também contou com consultas públicas on-line e presenciais, contabilizando mais de 200 mil contribuições, envolvendo a participação dos 27 Territórios de Identidade.
O Referencial Curricular tem como base as orientações normativas da Base Nacional Comum Curricular (BNCC), complementada à luz das diversidades do território baiano, de modo a colaborar com a reescrita dos Projetos Políticos Pedagógicos (PPPs) das unidades escolares. Ele é composto de dois volumes: um para a Educação Infantil e o Ensino Fundamental e um para o Ensino Médio.
O subsecretário da Educação do Estado, Danilo Souza, que representou o secretário Jerônimo Rodrigues, falou da importância do documento para o fortalecimento da Educação da Bahia. “O documento foi entregue para que, novamente, o Conselho possa fazer a sua grande contribuição, a fim de que possamos construir um projeto de educação cada vez mais participativo e equitativo. O próximo passo é aguardar que o Conselho delibere sobre o documento para que ele possa ser divulgado em toda a rede e assimilado como um documento norte para que se façam todas as intervenções do ponto de vista do currículo, respeitando-se a diversidade e a realidade local”, destacou.
A presidente do Conselho, Anatércia Contreiras, falou sobre o próximo passo após a entrega do documento. “Essa entrega do documento muito honra o Conselho com essa pactuação e compromisso que, cada vez mais, se estabelece entre o Conselho e a Secretaria em uma relação de partilha, diálogo e alinhamento de ações. O documento será analisado por todos os membros do conselho para um posterior pronunciamento”, afirmou.
Posse de novo membro - Na oportunidade, também foi empossado o novo membro do Conselho, Nildon Pitombo, em substituição a Clímaco César Dias, e que cumprirá o restante do mandato correspondente ao quadriênio 2016/2020. “Minha vinda é no sentido de ajudar e colaborar com o Conselho naquilo que ele já faz há 177 anos, que de fato é o conselho mais velho do Estado, do Brasil e vem cumprindo essa tarefa de organizar os sistemas de educação de uma maneira muito sólida e competente. É um órgão que colabora com o governo no sentido de emitir todas as regulamentações possíveis para dar sustentação a regularidade das instituições privadas que compõem todo o sistema de educação do Estado da Bahia e orientar aquelas que são sistematicamente vinculadas ao sistema estadual, como é o caso das redes municipais de Ensino Fundamental e Educação Infantil”, disse o educador, que é licenciado em Física e mestre em Educação.

Secretaria realiza nesta terça-feira (16) o sorteio eletrônico para cursos técnicos de nível médio

educação profissional sorteio eletronico

 

A Secretaria da Educação do Estado da Bahia realiza, nesta terça-feira (16), às 14h30, no Instituto Anísio Teixeira (IAT), em Salvador, o sorteio eletrônico para os cursos técnicos de nível médio, na forma de articulação subsequente, cujas inscrições terminaram no domingo (14). O resultado poderá ser conferido, após o evento, no Portal da Educação. São oferecidas 12.510  vagas para unidades escolares e Centros Territoriais de Educação Profissional (CETEP) e Centros Estaduais de Educação Profissional (CEEP) e respectivos anexos, na capital e no interior.
Aberto para acompanhamento de estudantes, pais, mães e professores, o sorteio será transmitido por videoconferência e acompanhado por órgãos controladores do Estado, como o Ministério Público Estadual, o Tribunal de Contas, a Auditoria Geral do Estado, o Conselho Estadual de Educação e Ouvidoria da Secretaria da Educação.
A matrícula dos estudantes sorteados acontece na quinta-feira (18) e na sexta (19), nas unidades nas escolares ofertantes de Educação Profissional, onde se inscreveram. No ato da matrícula, o aluno deve apresentar documentos como o original do histórico escolar; originais e cópias da cédula de identidade ou certidão de registro civil; do CPF; e do comprovante de residência. As aulas serão iniciadas no dia 29 de julho.

Secretaria da Educação convoca 143 professores para a Educação Profissional

educacao-profissional seleção

 

A Secretaria da Educação do Estado publicou, no Diário Oficial deste sábado (12), a convocação de 143 professores da Educação Profisisonal. Os selecionados serão contratados em caráter emergencial, pelo Regime Especial de Direito Administrativo (REDA), de acordo com o Edital nº 02/2019.

 

 Veja a lista de convocados

 

Os professores convocados para atuar na Região Metropolitana de Salvador devem comparecer, no prazo de dez dias úteis, a partir deste sábado, na sede da Secretaria da Educação, situada na Avenida Luiz Viana Filho n° 550, 5ª avenida, CAB (Centro Administrativo da Bahia), 1º andar, sala 138. Já os aprovados para o interior do Estado deverão comparecer na Sede do Núcleo Territorial de Educação (NTE) a que pertence o município para o qual foi selecionado. Para ambos os casos, o horário de atendimento é das 8h30 às 11h30 e das 14h00 às 17h30.

Fonte: Secretaria da Educação do Estado da Bahia 

Governador institui por decreto o Ano Anísio Teixeira para marcar os 120 anos do educador baiano

anisio teixeira antigo

 

A proposta é incentivar e ampliar a divulgação da vida e obra de Anísio Teixeira, com o envolvimento das secretarias estaduais da Educação, de Cultura (SECULT) e de Ciência, Tecnologia e Inovação (SECTI), a Casa Civil, além dos órgãos públicos envolvidos com o Ano Anísio Teixeira. A coordenação e gerência das atividades serão realizadas pela Secretaria da Educação do Estado.
Dentre as atividades, destaca-se o I Seminário Internacional de Estudos Anisianos, a ser realizado em Salvador, no dia 12 de julho de 2020, e que tem o objetivo de divulgar a vida e obra do educador nas redes internacionais de pesquisa em história e ciências da educação. Já a secretaria da Educação do Estado realizará atividades culturais e educativas no âmbito da rede escolar pública estadual, mobilizando discentes, docentes, técnicos-administrativos e comunidade circunvizinha da escola nas homenagens e produção cultural acerca da vida e obra de Anísio Teixeira.
O decreto também institui uma Comissão, órgão colegiado, com a finalidade de propor a programação, planejar, organizar e apoiar as atividades da homenagem do Ano Anísio Teixeira, que transcorrerão durante todo o ano de 2020. A comissão será composta por representantes das secretarias envolvidas, dos Conselhos de Educação, de movimentos sociais pela educação, e de intelectuais da área de educação especialistas em estudos anisianos e de representante da família de Anísio Teixeira e de seus colaboradores.
Lançamento – O início das comemorações pela passagem dos 120 anos do educador baiano será marcado pelo lançamento, nesta sexta-feira (12), do projeto “2020: Ano Anísio Teixeira”. A cerimônia será realizada no Instituto Anísio Teixeira (IAT/SEC), a partir das 15h, e será transmitida por videoconferência e pelo Youtube, nas redes sociais do IAT e da Educação Bahia.

Secretaria planeja oferta de cursos Ead pela Universidade Aberta do Brasil

polo uab ead cursos

 

Como parte da estratégia de ampliar as políticas da Educação à Distância (Ead) na rede estadual, com foco na formação de educadores, a Secretaria da Educação do Estado, por meio do Instituto Anísio Teixeira, promoveu, nesta quinta-feira (11), um encontro com os coordenadores dos Polos Estaduais da Universidade Aberta do Brasil (UAB). A atividade, realizada no IAT, em Salvador, teve o objetivo de planejar ações visando ampliar o alcance da Ead na rede estadual de ensino, com a oferta dos cursos de graduação e pós-graduação para professores e gestores. O encontro contou com  a participação do secretário da Educação do Estado, Jerônimo Rodrigues, do coordenador de Projetos Estratégicos da SEC, Marcius Gomes, e da diretora geral do IAT, Cybele Amado.
Na Bahia, atualmente, são ofertados cursos de graduação e pós-graduação em 26 Polos Estaduais e 43 Polos Municipais da Universidade Aberta do Brasil. As unidades do Estado somam 12 mil vagas ofertadas por 13 Instituições de Ensino Superior (IES), entre as quais estão: as Federais da Bahia (UFBA), de Alagoas (UFAL), do Piauí (UFPI) e da Rural de Pernambuco (UFRPE), além das quatros universidades estaduais da Bahia (UNEB, UESC, UEFS e UESB).
O secretário Jerônimo Rodrigues falou sobre a importância desta oferta em um estado com as dimensões geográficas como a Bahia. “Queremos abrir o diálogo com o órgão do Governo Federal que é responsável pelos Polos UAB, para saber qual é a proposta e a oferta. Queremos muito que essa nossa agenda complemente, com mais força, a formação de professores, porque temos, principalmente nas redes municipais, um conjunto de educadores que necessitam de ter o nível superior. Mesmo com quatro universidades estaduais, seis federais, dois Institutos Federais e a rede privada, sempre haverá a necessidade da Ead porque a Bahia é muito extensa e o tempo das pessoas é diferente”, afirmou.
O coordenador de Projetos Estratégicos da SEC, Marcius Gomes, enfatizou que o planejamento de oferta é essencial para esta modalidade, inclusive com foco na formação em disciplinas das Exatas. “Precisamos pensar num plano de ação que nos permita fortalecer os Polo UAB enquanto parte da nossa estrutura, como espaços de formação da nossa rede. E pensar, também, na política de formação, seja ela inicial ou continuada, considerando as demandas do Estado, a exemplo das formações em Física, Química e da Matemática”, afirmou.
Lindamara Caires, coordenadora do Polo UAB de Itabuna e representante do Fórum Estadual de Coordenadores dos Polos da Universidade Aberta do Brasil (FECOUAB), falou sobre o impacto desta articulação para a rede estadual. “Este encontro com a equipe da Secretaria vem fortalecer o que já vem sendo feito no cenário dos polos estaduais, no sentido de que teremos uma abertura ainda maior para dialogar sobre as nossas demandas, como também para um planejamento de ações futuras, de modo que sejamos mais eficazes em nossas ofertas de cursos de graduação e especialização, em parceria com as universidades públicas do Estado da Bahia”.
No último sábado (6), a experiência de Educação à Distância (Ead) da Universidade Aberta do Brasil (UAB) e a sua vinculação com a oferta de cursos de graduação e, também, com a Educação Básica foram discutidas, na Secretaria da Educação do Estado. A atividade, coordenada pelo secretário Jerônimo Rodrigues, contou com a participação de Carlos Bielschowsky, ex-secretário de Educação à Distância do Ministério da Educação (MEC), e idealizador do Programa UAB, no âmbito do MEC. Ele também dirige o Consórcio Cederj, que oferta cursos no modelo EAD do Rio de Janeiro, há 20 anos.

Inscrições para cursos técnicos de nível médio seguem até este domingo (14)

educação profissional ultimos dias 2

 

Terminam neste domingo (14), as inscrições para os cursos técnico de nível médio da rede estadual de ensino.  Estão sendo ofertadas 20 mil vagas para duas modalidades de ensino. São 12.510 vagas na forma de articulação Subsequente ao Ensino Médio, ou seja, para aqueles que já concluíram o Ensino Médio e querem voltar a estudar precisam fazer a inscrição, no Portal da Educação e participar do sorteio eletrônico. As outras 7.720 vagas são para cursos do PROEJA Médio, direcionadas a aqueles com mais de 18 anos, que concluíram o Ensino Fundamental. Para este público, a matrícula será feita nos dias 18 e 19 de julho, diretamente nas unidades escolares ofertantes de Educação Profissional.
As vagas são para os Centros Estaduais e Centros Territoriais de Educação Profissional, além de unidades compartilhadas na capital, e em mais 97 municípios dos 27 Territórios de Identidade, entre os quais estão: Feira de Santana, Vitória da Conquista, Itabuna, Gandu, Ipiaú, Ilhéus, Jequié, Juazeiro, Senhor do Bonfim, Barreiras, Seabra, Itaberaba, Serrinha, São Domingos, Bom Jesus da Lapa, Xique-xique, Irecê, Santo Antônio de Jesus, Cruz das Almas, Alagoinhas, Macaúbas e Caetité.
Ao todo são 45 cursos disponibilizados, a exemplo de: Administração, Segurança do Trabalho, Logística, Meio Ambiente, Agroecologia, Agropecuária, Enfermagem, Nutrição e Dietética, Análises Clínicas, Edificações, Eletrotécnica, Informática, Contabilidade, Farmácia, Química, Cozinha, Alimentos, Panificação, Recursos Humanos, Edificações, Desenho da Construção Civil, Rede de Computadores, Secretariado, Conservação e Restauro, Artes Visuais, Instrumento Musical, Documentação Musical e Regência.
A matrícula para as duas formas de articulação será realizada, presencialmente, no período de 18 e 19 de julho. Os estudantes que se inscreverem para o sorteio eletrônico devem ficar atentos para a divulgação da lista dos classificados, conforme o número de vagas por unidade ofertante, no dia 16 de julho, no Portal da Educação. No ato da matrícula, o estudante deve apresentar documentos como o original do histórico escolar; originais e cópias da cédula de identidade ou certidão de registro civil; do CPF; e do comprovante de residência. Nos dois casos, as aulas serão iniciadas no dia 29 de julho.
Acesse ao edital e as unidades ofertantes com os respectivos números de vagas nos links abaixo:

Governador anuncia 461 novas convocações para o Partiu Estágio

partiu estagio convocações

 

O Governador Rui Costa anunciou no programa Papo Correria desta terça-feira (09) a convocação de 461 estudantes para o Partiu Estágio. Serão convocados 408 estudantes para o edital de número 1 (lançado em janeiro deste ano) e 53 estudantes para o edital de número 2 do programa, publicado em março para reforço escolar na rede estadual de ensino. A convocação será feita nesta quinta-feira (11), através de envio de e-mail e SMS para os selecionados. Eles terão 10 dias úteis a partir da data de convocação para apresentar a documentação exigida. A lista com os nomes dos selecionados também estará disponível para visualização na quinta, neste site.
Sobre o programa – O Partiu Estágio é uma iniciativa da administração estadual baiana que garante acesso a oportunidades de estágio a estudantes universitários de instituições estaduais, federais e privadas com sede na Bahia e que ainda não conseguiram se inserir no mercado de trabalho.
A seleção é prioritária para estudantes inscritos no Cadastro Único para Programas Sociais (CadÚnico) e para aqueles que tenham estudado todo o ensino médio em escola pública ou com bolsa integral na rede privada. Desde seu lançamento, em abril de 2017, já foram contratados 9.145 universitários para atuar no serviço público baiano.

Governo do Estado lança sexta-feira (12) projeto em comemoração aos 120 anos de Anísio Teixeira

anisio teixeira comemoração

 

O Governo do Estado, por meio das secretarias da Educação, da Cultura e da Ciência e Tecnologia e da Casa Civil, lança, nesta sexta-feira (12), o projeto “2020: Ano Anísio Teixeira”, dando início às comemorações pela passagem dos 120 anos do educador baiano. A cerimônia será realizada no Instituto Anísio Teixeira (IAT/SEC), a partir das 15h, e será transmitida por videoconferência e pelo Youtube, nas redes sociais do IAT e da Educação Bahia. A data do lançamento do projeto foi escolhida por marcar o dia de nascimento do educador, no dia 12 de julho de 1900, na cidade de Caetité (636 km de Salvador).

O projeto “2020: Ano Anísio Teixeira” traz a proposta de reunir diversas atividades, a exemplo do projeto para a implantação de um museu sobre o educador no IAT; do apoio à Casa Anísio Teixeira; do concurso de produção audiovisual; da reedição de livros sobre a vida e obra do educador, além de ações formativas, jornadas de planejamento pedagógico e realização de simpósios. A programação envolverá, ainda, a Caravana Anísio Teixeira, que sairá de Salvador até Caetité, divulgando e mobilizando a sociedade e as instituições de ensino da Bahia, inclusive as de Ensino Superior para o projeto, dando visibilidade a todo o legado deixado por Anísio Teixeira.
Toda a programação das ações culminará no dia 12 de julho de 2020, data do 120º aniversário de Anísio Teixeira, com a realização do Seminário Internacional de Estudos Anisianos, que terá como objetivo divulgar o trabalho de Anísio nas redes internacionais de pesquisa em História e Ciências da Educação.
Anísio Spínola Teixeira morreu no Rio de Janeiro, no dia 11 de março de 1971. Ele foi bacharel em direito, gestor público, intelectual, educador e, no transcurso do tempo, se tornou personagem importante na história da educação no Brasil. Nas décadas de 1920 e 1930, ele difundiu as ideias do movimento denominado “Escola Nova”, cujo foco foi a renovação pedagógica da escola.
No período de 1924 a 1928, Anísio Teixeira conduziu, na Bahia, a gestão de governo para a educação, empreendendo a tarefa de avaliar as condições materiais e pedagógicas das escolas baianas.  Assinalou o modo como deveria acontecer a progressiva reestrutura do sistema de educação baiano, argumentando sobre a necessidade de uma educação diferenciada para os centros urbanos, para as pequenas comunidades rurais do recôncavo ou do sertão e para a população propriamente rural das fazendas e sítios.
Já no período entre 1947 e 1950, uma de suas iniciativas mais importantes como secretário de Educação e de Saúde foi a construção do Centro Popular de Educação Carneiro Ribeiro, popularmente conhecido como Escola Parque, localizada na Caixa D’água, em Salvador, fundada em 1950. A escola fez parte de um grandioso projeto que consolidou a Educação Integral na pedagogia brasileira. Atualmente, além do ensino regular, a Escola Parque oferta oficinas de artes visuais e música e possui uma biblioteca de rico acervo.

Secretaria da Educação inicia na próxima segunda-feira (15) a nova edição dos Aulões ENEM 100%

enem 100 por cento 2019 vai começar

 

A Secretaria da Educação do Estado (SEC) inicia na próxima segunda-feira (15) o novo ciclo dos Aulões ENEM 100%.  O objetivo é ampliar as oportunidades de aprendizagens de competências cognitivas e socioemocionais dos estudantes do 3º ano do Ensino Médio e da Educação Profissional, com foco na melhoria do desempenho no Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM). Os aulões estão programados para os seguintes períodos: de 15 a 19 de julho; de 19 a 23 de agosto; de 23 a 27 de setembro; e de 7 a 11 de outubro, nos turnos matutino (das 9h às 12h) e vespertino (das 14h às 17h), no auditório da SEC, no Centro Administrativo da Bahia (CAB), com transmissão ao vivo por meio do Portal da Educação (www.educacao.ba.gov.br) e nas redes sociais da Educação Bahia.
A ação pedagógica da SEC abrangerá, no total, 160 unidades escolares de Salvador e da Região Metropolitana de Salvador, contemplando 6.400 alunos. As provas do ENEM 2019 serão realizadas nos dias 3 e 10 de novembro. A superintendente de Políticas para a Educação Básica da SEC, Manuelita Brito, fala sobre a importância desta ação pedagógica. “Os aulões são mais uma etapa da mobilização para o ENEM e têm uma importância fundamental porque quanto mais os estudantes se encontram e socializam suas dúvidas se preparam para este momento que é tão determinante porque tem a ver com o seu ingresso no Ensino Superior. A gente aposta nesta ação, que é quando a Secretaria literalmente vira escola, pois recepciona os alunos durante uma semana inteira, nos dois turnos, recebe professores super qualificados, munidos de material de apoio, além dos canais da internet. Mais uma vez, vai ser um momento importante para a rede estadual”.
O primeiro ciclo do Aulões ENEM 100%, que começa no dia 15/7 e prossegue até 19/7, irá envolver 320 estudantes por dia de escolas convidadas pertencentes ao Núcleo Territorial de Educação de Salvador (NTE 26). Durante a semana, serão abordados conteúdos voltados às provas do ENEM nas disciplinas de Língua Portuguesa, Redação, Matemática, História, Geografia, Biologia, Química, Física, Sociologia e Língua Inglesa.
Mais sobre o ENEM 100% – Com os objetivos de orientar, mobilizar e fomentar a participação dos estudantes que estão concluindo o Ensino Médio no Exame Nacional do Ensino Médio, com vistas no seu ingresso nas instituições de Ensino Superior, o projeto ENEM 100% envolve, além dos aulões, o Redijaê, que é uma ação para fortalecer a produção textual por meio da Sala de Aula Virtual (Google Classroom), com foco na melhoria da proficiência escrita dos estudantes. Os temas sugeridos nas redações do Redijaê deste ano são: “Direitos e deveres do cidadão no Brasil contemporâneo”; “O mundo do trabalho e as perspectivas de futuro”; e “Imigrações e a crise dos refugiados”.