Começam preparativos para o concurso de vídeos ambientais

CONCURSO-PRODUÇÃO-AUDIOVISUAL_ECOKIDS-1-730x410

Na última quinta-feira, 18 de maio de 2017,  foi realizada reunião do Conselho Editorial dos jornais Eco Kids e Eco Teens para acertos sobre o concurso de audiovisuais que será realizado este ano no Município de Vitória da Conquista. O Colegiado decidiu que o edital do concurso será lançado no mês de junho. Poderão inscrever-se alunos das seis escolas que participam do projeto Eco Kids e Eco Teens em 2017. O tema do concurso será “Parque Municipal Serra do Piripiri”, escolhido para destacar e estimular a preservação dessa unidade de conservação do Município de Vitória da Conquista.

O Conselho Editorial aprovou a realização de uma oficina de sensibilização sobre produção audiovisual no dia 31 de maio de 2017, no Teatro Glauber Rocha, na Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (UESB). Serão aguardados 180 alunos, trinta de cada escola participante do projeto Eco Kids e Eco Teens em 2017. A oficina contará com a participação do Programa Janela Indiscreta e do Curso de Cinema da UESB, que farão a curadoria (escolha do filme) e comentários sobre produção de audiovisuais.

Para maior detalhamento do concurso e da oficina, será realizada nova reunião no dia 24 de maio, no Ministério Público da Bahia, com a direção das escolas Colégio Opção, Centro  Educacional Eurípedes Peri Rosa, Colégio Estadual Camilo de Jesus, Escola Municipal Euclides da Cunha, Colégio Estadual Dr. Orlando Leite e Escola Municipal Milton de Almeida Santos, que participarão das atividades.

A reunião foi coordenada pela Promotora de Justiça Karina Cherubini e contou com a presença dos Conselheiros Editoriais  Amanda Gonçalves de Jesus, pela Secretaria Municipal de Comunicação, Gilvane Dias Chagas Lima e Cristina Leilane de Azevedo Fernandes, pela Secretaria Municipal de Educação, Carla Brandão Santos e Antônio Gabriel Oliveira Araújo, pela Secretaria Municipal de Meio Ambiente, Flávia Andrade, pelo Núcleo Territorial de Educação (NTE-20), Thiago Leal Menezes, pelo Conselho Municipal de Acompanhamento do Fundeb e Fabiana Carneiro Rebouças, pelo Conselho Municipal de Meio Ambiente, bem como dos professores Marcio Venâncio, Coordenador do Curso de Cinema da UESB e professor Benival Ferreira, do Instituto Federal da Bahia, convidados especiais para a organização do concurso.

Fonte: http://www.ecokidsecoteens.mpba.mp.br

IAT e Uneb estão com inscrições abertas para vestibular cursos EaD

uneb campus

A Universidade do Estado da Bahia, em parceria com o Instituto Anísio Teixeira (IAT), está com inscrições abertas para vestibular de graduações na modalidade a distância (EaD). São 2.305 vagas para cursos que serão ofertados nos Polos Estaduais da Universidade Aberta do Brasil (UAB). Para Vitória da Conquista serão ofertadas 45 vagas para o curso de Bacharelado em Administração Pública. O referido processo está aberto aos candidatos que tenham concluído o Ensino Médio ou equivalente, até o ano letivo de 2016 e que tenham realizado a prova do ENEM a partir do ano de 2001.

As inscrições devem ser feitas exclusivamente pelo site http://www.vestibularead.uneb.br/, entre os dias 12 e 30 de junho.

Polo Uab Conquista: http://polouabvitoriadaconquista.blogspot.com.br/2017/05/novo-edital-administracao-publica-uneb.html?m=1

Universidade Aberta do Brasil

 

A Secretaria da Educação do Estado da Bahia, por meio do Instituto Anísio Teixeira, é responsável em promover, consolidar e expandir políticas de educação a distância, voltadas para a formação inicial e continuada dos professores e demais profissionais da Educação Básica. A ação ocorre em articulação com os três níveis governamentais (federal, estadual e municipal) e as universidades públicas no intuito de viabilizar ações de formação inicial e continuada na modalidade à distância, visando atender aos professores e demais profissionais da educação básica.

Fonte: Secretaria da Educação do Estado da Bahia

Secretaria inscreve para a 7ª Feira de Ciências, Empreendedorismo e Inovação da Bahia

feciba 2017

A Secretaria da Educação do Estado da Bahia está com inscrições abertas para a 7ª Feira de Ciências, Empreendedorismo e Inovação da Bahia (FECIBA). Até o próximo dia 31 de maio, gestores, professores e coordenadores pedagógicos da rede estadual deverão aderir ao evento, que será realizado em 2018.
“A FECIBA é uma das iniciativas, por meio da qual, estamos estimulando os nossos estudantes no estudo das Ciências e no interesse pela pesquisa científica, fazendo com que despertem para suas vocações e revelem suas capacidades criativas. É, sobretudo, um momento em que os alunos apresentam o resultado dos projetos desenvolvidos em sala de aula, orientados pelos professores, que têm relação com os lugares onde eles vivem e que, geralmente, apresentam soluções para problemas vivenciados pelas suas comunidades”, destaca o secretário da Educação do Estado, Walter Pinheiro.
Uma das novidades para a 7ª FECIBA é a premiação com Bolsa de Iniciação Científica Junior do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) para os 22 primeiros colocados. Uma das etapas da FECIBA é a realização das Feiras Escolares de Ciências, Matemática e Empreendedorismo, que deverão ocorrer de 1º de agosto e 30 de setembro deste ano. Todos os estudantes poderão participar das feiras escolares independente da série, mas só os projetos dos estudantes do Ensino Fundamental e até o 2º ano do Ensino Médio poderão ser submetidos à FECIBA, tendo em vista que a 7ª edição será realizada no próximo ano letivo.
Na 7ª FECIBA, a modalidade Empreendedorismo também será ampliada, segundo destaca a coordenadora do Programa Ciência na Escola, da Secretaria da Educação do Estado, Shirley Costa. “Com isto, teremos a perspectiva do envolvimento da construção de conhecimentos, a partir dos aspectos econômicos das regiões onde as escolas estão inseridas. A nossa expectativa é que, com isto, iremos atrair muitos novos projetos voltados ao Empreendedorismo”, afirma.
Para isto, a Secretaria da Educação está fazendo parcerias com instituições que trabalham com o Empreendedorismo na Educação, como é o caso do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (SEBRAE), para a realização de oficinas e palestras sobre o tema no próprio SEBRAE e durante a 6ª FECIBA, que acontece no segundo semestre deste ano.

Municípios podem realizar adesão ao Programa Saúde na Escola

saude na escola para municipios

Os municípios podem realizar a adesão ao Programa Saúde na Escola (PSE), até o dia 14 de junho, no endereço egestorab.saude.gov.br. O programa terá duração de 24 meses e vai contemplar as escolas públicas do município, independente da esfera administrativa (estadual, municipal e/ou federal). Para a inscrição, os gestores responsáveis pelas secretarias municipais de educação devem indicar as escolas para a participação seguindo critérios, como as condições de vulnerabilidade dos estudantes.
O coordenador de Educação Ambiental e Saúde, Fabio Barbosa, da Secretaria da Educação do Estado, fala da importância da adesão dos municípios ao programa. “Considerando que a proposta do PSE vem na perspectiva da articulação entre políticas públicas, a adesão do município é o primeiro passo para as práticas de promoção e prevenção de agravos e doenças em crianças, adolescentes, jovens e adultos”, destaca.
Realizando ações há quatro anos, o Colégio Estadual Ypiranga, no 2 de Julho, promove uma série de atividades com os estudantes, junto à unidade de saúde do bairro, que envolvem vacinações, avaliações de saúde bucal e psicológica, além de palestras sobre diversos temas. “No colégio, nós mantemos um Grupo de Trabalho Intersetorial Local (GTIL) que é integrado por professores, alunos e agentes de saúde. Com isso buscamos, por meio de reuniões, perceber as necessidades da comunidade escolar e oferecer serviços focados nesta demanda”, destacou o professor Zulmiro Souza, articulador da Educação Integral na unidade.
Para Fabio, a criação do GTLI nas escolas é uma das ações incentivadas pela Secretaria. “Apesar do PSE seguir uma proposta de 12 ações, como o combate ao mosquito Aedes aegypti e promoção da segurança alimentar e nutricional, temos a consciência que alguns locais têm demandas específicas que podem ser identificadas pelos agentes sociais do local. Por isso, esse trabalho interno pode contribuir para que possamos ser mais eficientes em nossas ações”, afirmou.
Para a estudante 2º ano, Letícia Silva 16, do Colégio Estadual Ypiranga, o programa vem trazendo diversos benefícios para a comunidade escolar. “Termos essas atividades na escola promovem a saúde dos estudantes de forma regular. Isso é muito importante pois interfere diretamente na condição de aprendizado. Desde o ano passado participo do GTLI e estou bastante motivada para mobilizar os colegas para as atividades que realizamos e vamos realizar durante o ano letivo”, conta.
PSE - O Programa Saúde na Escola é uma política intersetorial, regido pela Portaria Interministerial nº. 1.055, de 25 de abril de 2017, na qual a articulação, principalmente, dos setores da educação e da saúde, é indispensável para efetividade das ações. O objetivo principal é a atenção integral à saúde dos educandos da rede pública, através de ações de promoção, prevenção e atenção à saúde de forma a empoderá-los para o reconhecimento e, consequentemente, o enfrentamento das situações que os tornam vulneráveis e que possam vir a comprometer o seu pleno desenvolvimento.

Secretaria da Educação do Estado realiza cadastro dos líderes de classe

17904357_1843524132535036_5802584388426514564_n

Os 42 mil líderes e vice-líderes de classe eleitos nas escolas da rede estadual de ensino já estão colocando em prática as suas atribuições. Eles são os interlocutores da turma junto à comunidade escolar e, agora, devem articular e propor melhorias para a ambiência na unidade de ensino. Um dos primeiros passos é preencher o questionário “Quem é você, líder?”, até dia 1º de julho, disponível no Portal da Educação, através do link:http://estudantes.educacao.ba.gov.br/o-que-e-ser-lider.

17883764_1842967365924046_1102479643912759157_n

De acordo com Helaine Souza, coordenadora de Articulação dos Projetos Estruturantes da Secretaria da Educação do Estado, o questionário foi elaborado para identificar o perfil dos (as) líderes atuantes nas unidades escolares da rede estadual. “Os dados preenchidos subsidiarão práticas pedagógicas direcionadas ao contexto e anseios dos estudantes e poderão orientar os professores, gestores e a própria Secretaria da Educação na busca pela melhoria das aprendizagens significativas, e com foco na formação humana integral”, informa.

Além de campos para preenchimento de dados pessoais, o questionário inclui levantamento de informações sobre opções de leitura, rotina de estudos, atividades culturais, participação em movimentos sociais, utilização de redes sociais, escolha da futura profissão e outras.

Plano de Ação – Uma das principais atribuições de um líder de classe é elaboração de um Plano de Ação que contemple as necessidades da unidade escolar relativas à melhoria do processo de ensino e aprendizagem, respeitando as legislações vigentes e os trâmites administrativos da unidade escolar, contribuindo para a manutenção do clima escolar colaborativo.

Clique aqui para baixar o modelo do Plano de Ação.

O Plano deverá ser elaborado a partir de reuniões com os líderes de todos os turnos da escola e contemplar ações nas áreas administrativa, relacional e/ou pedagógica. O documento resultante das demandas e discussões coletivas devem refletir os anseios que os líderes visualizam para as suas escolas. Para isso, são pensadas estratégias para a concretização das ações contidas no Plano a ser revisado a cada dois meses.

Formação - Cada unidade de ensino deve reunir os líderes de classe e propor uma formação na qual serão discutidos alguns temas. A Secretaria da Educação está indicando três temas: ‘Educação para o Século XXI: as competências socioemocionais na escola’; ‘Curto e/ou compartilho: educomunicação, autoria e empoderamento’ e ‘O mundo, minha aldeia: sociedade de consumo x sociedades sustentáveis’.

Fonte: Secretaria da Educação do Estado da Bahia

Estão abertas as inscrições para IV Concurso Escritores Escolares de Poesia e Redação

escritores escolares

Estão abertas, até o dia 14 de junho, as inscrições para o IV Concurso Escritores Escolares de Poesia e Redação, voltado para estudantes do ensino fundamental I, II e ensino médio – de escolas públicas e particulares de todo o estado. A iniciativa é da A Fundação Pedro Calmon/SecultBa, através da Diretoria do Livro e Leitura (DLL).
Cada estudante pode se inscrever com apenas um poema ou uma redação − ficcional ou não – inédita e de tema livre. Este ano os estudantes vão concorrer a notebooks, tablets, leitores de livros digitais e kits livro. Para saber mais informações acessar o site da Fundação Pedro Calmon, onde também podem ser encontrados a ficha de inscrição, o regulamento, os textos premiados nos anos anteriores e dicas de escrita criativa.
As inscrições devem ser feitas, presencialmente, na sede da Fundação, em Salvador, de segunda a sexta-feira, no horário das 09h às 12h e das 14h às 17h30 devendo ser protocoladas na sede da Fundação Pedro Calmon, no endereço: Av. Sete de Setembro, 282, Edf. Brasilgás, sala 09, 4º andar, Centro, Salvador (BA), CEP: 40.060-001, ou por via postal (enviadas pelos correios) com Aviso de Recebimento (AR).
Anexos seguem ficha de inscrição com termo de autorização dos pais, regulamento, cards para divulgação em redes sociais e WhatsApp, o cartaz que pode ser impresso e colocado nas escolas e uma apresentação de slides para a divulgação do concurso em sala de aula.

Atenção estudante – Últimos dias para as inscrições no ENEM

enem ultimos dias

Os estudantes têm até esta sexta-feira (19) para fazer a inscrição no Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM), cujas provas serão realizadas nos dias 5 e 12 de novembro. Durante toda a semana, professores e gestores das escolas estaduais estão auxiliando os estudantes no processo. Por meio da campanha ENEM 100%, da Secretaria da Educação do Estado, as escolas estão disponibilizando os laboratórios de informática, secretarias e outras salas com computadores e acesso à Internet para que os estudantes garantam suas inscrições para o exame.
Além de apoio para as inscrições, o ENEM 100% envolve várias ações articuladas, como a realização de aulões e simulados. Para auxiliar os estudantes na preparação para as provas a Secretaria da Educação do Estado disponibiliza também mais de quatro mil conteúdos digitais educacionais no Ambiente Educacional Web. São conteúdos de todas as disciplinas das áreas de conhecimento, inclusive videoaulas, e de todos os níveis de ensino, produzidos e/ou catalogados por educadores da Rede Anísio Teixeira.
Isenção
Os estudantes da 3ª série do Ensino Médio da rede estadual de ensino possuem isenção garantida na inscrição do ENEM. Para isto, eles devem informar, no ato da inscrição, o seu CPF e a data de nascimento. Com esses dados, o sistema identifica automaticamente quem são os alunos de escolas públicas e o valor, que seria de R$ 82, é liberado. A inscrição pode ser feira através do portal do Inep.
A rede estadual tem 125 mil alunos matriculados no 3º ano do Ensino Médio aptos a realizarem o ENEM.

Estão abertas as inscrições para o Prêmio Gestão Escolar 2017

gestao

Estão abertas até o dia 14 de agosto as inscrições para o Prêmio Gestão Escolar 2017, que contempla projetos inovadores e gestões competentes na Educação Básica da rede pública. Promovido pelo Conselho Nacional de Secretários de Educação (Consed), desde 1998, a ação foi lançada no 12 de maio, durante a tradicional feita Bett Educar, em São Paulo.
Podem concorrer escolas do ensino regular da educação básica, das redes públicas estaduais/distrital e municipais. A restrição fica para as escolas e/ou os diretores que já tenham sido premiados como destaque estadual/distrital na edição anterior do PGE ano 2015. Estas não poderão participar. “As nossas escolas estão cheias de ótimas iniciativas e este prêmio é um merecido reconhecimento para estas boas práticas que fortalecem o eixo pedagógico nas escolas”, afirmou Walter Pinheiro, secretário da Educação.
Para participar, o gestor deve se inscrever no portal do Consed, onde terá acesso a um instrumento de autoavaliação. “Ao analisar os processos de gestão da escola, ele vai elaborar um plano de ação, construído com a participação da comunidade escolar. Ao final, os melhores resultados serão premiados”, explica o presidente do Consed, Idilvan Alencar.
Esta é a 16ª edição do prêmio, que a partir de 2011, tornou-se bianual. Em mais de duas décadas, aproximadamente 34 mil escolas de todas as regiões do país participaram e mais de 7 milhões de estudantes foram beneficiados com os projetos implantados pelos gestores inscritos. Neste período, 90 escolas chegaram à etapa final e foram premiadas com recursos financeiros e equipamentos, além de formação e intercâmbio para os diretores.
O processo de seleção das escolas inscritas se dará em quatro etapas: Local, Estadual, Regional e Nacional. Nas etapas Local e Estadual, representantes do Consed e da Uninão Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação (Undime), em cada unidade da federação, serão responsáveis por selecionar os avaliadores e coordenar o processo seletivo em suas respectivas jurisdições, considerando os critérios descritos neste Edital.
De acordo com o edital, a qualquer momento do processo seletivo, os avaliadores poderão realizar visitas técnicas às escolas inscritas para verificar se as informações constantes na ficha de inscrição condizem com a realidade observada, sendo que, por ocasião dessas visitas, poderá ser solicitada a comprovação documental das informações.
Na etapa seguinte, os comitês regionais contarão com especialistas contratados pela Coordenação Nacional do Prêmio Gestão Escolar, que utilizarão como objeto de análise a ficha de inscrição elaborada pela escola. Ao final, na etapa nacional, a Comissão, composta por representantes das instituições parceiras e do Consed, por meio de voto direto, secreto e unipessoal, indicará a escola “Referência Brasil” a partir da análise da ficha de inscrição e de entrevistas com os diretores.
O PGE 2017 será concedido nas categorias “Escola Destaque Local” “Destaque Estadual/Distrital”, “Destaque Regional” e “Referência Brasil”. Além dos diplomas, haverá uma viagem de intercâmbio nacional para os representantes das escolas “Destaque Estadual/Distrital”, uma viagem de intercâmbio a um país da América Latina para os representantes das escolas “Destaque Regional” e “Referência Brasil”, além de um prêmio em dinheiro, no valor de R$ 30 mil, para a escola “Referência Brasil”.

15ª Semana Nacional de Museus atrai estudantes com programação diversificada

museu2

Religiosidade, artes plásticas e cultura popular. A diversidade presente nos museus baianos ganha destaque ainda maior com a 15ª Semana Nacional de Museus, realizada até o domingo (21). A iniciativa que celebra o Dia Internacional dos Museus, comemorado em 18 de maio, garante uma programação diversificada para quem visita o Centro Cultural Solar Ferrão, o Museu Tempostal e o Museu Udo Knoff, todos localizados no Pelourinho.
Na tarde desta terça-feira (16), estudantes da Escola Estadual Severino Vieira tiveram a chance de conhecer os espaços, consumir cultura e produzir arte. O público, com faixa etária entre 12 e 14 anos, participou da atividade ‘Deu na Telha’, uma oficina de pintura onde são orientados a registrar em telhas antigas recicladas o que surgir na mente. Toda a experiência lúdica, regada de conhecimento, ficará guardada para sempre na memória dos alunos.
“Conheci muita coisa legal hoje. Achava que museu era apenas exposição de quadros, mas hoje vi que não é apenas isso. Vi arte em azulejo, instrumentos musicais e muitas outras coisas. Antes eu não sabia dizer se gostava de museu, mas hoje eu tenho certeza de que museu é um lugar muito legal”, afirma a estudante Mariana Barros, 12 anos, que visitou um museu pela primeira vez.
Para a professora de língua portuguesa, Eleonor Correia, o contato dos estudantes com os acervos dos museus é enriquecedor para a formação do indivíduo. “Consumir arte e cultura em museus é conhecer um pouco da nossa história. É perceber quem somos e onde podemos ir”, destaca.
Até o dia 21 de maio, o público pode conferir a oficina ‘Brincando com Arte’, as exibições de documentários relacionados ao universo das coleções museológicas expostas no museu, a exposição ‘Amém e Axé’, entre outras atividades que estão detalhadas no site da Dimus. “A gente mostra que museu não é algo parado, é algo dinâmico. É uma fonte inesgotável de conhecimento a disposição da sociedade”, explica a assessora técnica da diretoria de Museus (Dimus), Fátima Soledade.

Inscrições abertas para o curso de Produção de Mídias na Educação

estudantes7

O Instituto Anísio Teixeira está com inscrições abertas, até o dia 02 de junho, para a formação em Produção de Mídias na Educação, com o intuito de proporcionar experiências novas e mais conhecimento aos professores e estudantes da Rede Estadual, oferecendo a oportunidade de atuar como profissionais na cobertura do 5º encontro estudantil. As inscrições acontecem na coordenação do Colégio Estadual de Aplicação Anísio Teixeira.

O curso será realizado entre 3 e 17 de julho, no IAT e serão disponibilizadas 20 vagas. Para o professor do Programa de Difusão de Mídias e Tecnologias Educacionais da rede pública estadual de ensino da Bahia – Rede Anísio Teixeira, Marcos Leone, o curso é importante para que os estudantes possam criar uma relação com a cultura em que vivem. “A nossa formação busca potencializar o protagonismo dos estudantes e que, com isso, eles possam se comunicar e falar da sua realidade cultural e local, estabelecendo também relações com a cultura global. A gente propõe durante e também depois da formação, que eles continuem produzindo conteúdos multimídias de forma autônoma”, afirmou.

Rede Anísio Teixeira – Visando fortalecer a escola pública como um espaço de apropriações tecnológicas pela sua comunidade e fomentar a realização de práticas de ensino e aprendizagem inovadoras, o Instituto Anísio Teixeira (IAT), por meio do Programa de Difusão de Mídias e Tecnologias Educacionais da rede pública estadual de ensino da Bahia – Rede Anísio Teixeira, desenvolve desde 2008 ações de formação, produção e compartilhamento de Mídias e Tecnologias Educacionais Livres com professores e estudantes das escolas publicas estaduais.

Fonte: Secretaria da Educação do Estado da Bahia